A Apple pode enfrentar em breve um problema judicial em território russo que pode render uma multa de aproximadamente US$ 15 mil (em torno de R$ 60 mil na cotação de hoje). O motivo? A inclusão de emojis no teclado do iOS com imagens de casais do mesmo sexo, sejam somente femininos ou masculinos, além do casal-padrão disponibilizado até então.

A polícia russa está investigando o caso para se certificar se a Apple violou ou não as diretrizes nacionais (e controversas) que impedem que conteúdos homossexuais sejam exibidos e que, de acordo com o governo, são considerados propagandas. Tudo teve início quando o advogado Yaroslav Mikhailov queixou-se dos emoticons que, supostamente, violam a lei sancionada em 2013 que proíbe a "promoção" da homossexualidade.

Além dos emoticons com casais homossexuais que foram adicionados ao teclado, vários outros emojis foram incluídos pela Apple com o intuito de melhor abranger todas as pessoas, principalmente quanto à diversidade racial e étnica. Por exemplo, hoje é possível escolher emoticons com diferentes tons de pele (negro, branco, pardo), e bandeiras de muitos países (inclusive do Brasil) foram acrescentadas à ferramenta.

Essa é a primeira vez que a polícia de um país é envolvida no caso. Atualmente, mais expansões estão sendo preparadas para os emojis do iOS 9.1. Por enquanto, resta-nos acompanhar o caso para ver qual será o desfecho.

Cupons de desconto TecMundo: