Embora já detenha algumas patentes relacionadas a produtos com displays flexíveis, até o momento a Apple não deu indicações concretas de que deve adotar a tecnologia em breve. No entanto, esse cenário pode mudar graças à influência de alguns fornecedores sul-coreanos que estariam dispostos a mostrar à companhia as vantagens de adotar essa solução.

Segundo informações obtidas pelo site BusinessKorea, a LG seria uma das empresas que mais estaria exercendo pressão nesse sentido. Aparentemente crente de que a Apple deve abraçar a ideia, a fabricante deve transformar uma de suas linhas de produção de painéis LCD para que ela passe a produzir displays OLED flexíveis.

“É muito provável que o primeiro iPhone flexível seja introduzido em 2018, já que os fornecedores mais qualificados da Apple estão trabalhando nisso”, afirma a fonte consultada pela publicação. A previsão faz sentido quando se leva em conta o histórico da Companhia da Maçã em esperar que uma tecnologia seja bem estabelecida antes de ela ser adotada em seus produtos.

Cupons de desconto TecMundo: