O couro comeu no interior de São Paulo. De acordo com o Jornal de Jundiaí, os funcionários da Foxconn I, que é a montadora de produtos da Apple e fica em Jundiaí, entraram em greve na tarde da última quinta-feira, 23. O motivo seria uma contraproposta da empresa com relação à participação em lucros e resultados (PLR).

A montadora teria oferecido um valor menor que o acertado com os trabalhadores da Foxconn II, a segunda unidade da empresa no país. Por conta disso, quase 1.000 empregados, junto a representantes do sindicato, resolveram entrar em greve e esperar um posicionamento da gigante de braços cruzados.

Impasse deve durar pouco

O desacordo não deve durar muito tempo, pois essas negociações estão ativas desde o começo deste mês. As conversas envolvem questões como cartão alimentação, plano de saúde, questões salariais e de infraestrutura, entre outras. Agora, a conversa diz respeito apenas à participação de lucros. Portanto, trata-se da etapa final de um processo.

Cupons de desconto TecMundo: