Se as informações divulgadas recentemente no site do The Wall Street Journal estiverem corretas, a Apple está interessada em aumentar a sua presença em Israel com o intuito de expandir as suas forças relacionadas à produção de chips. 

“As aquisições da Apple em Israel [a Anobit Techonologies Ltd. E a PrimeSense Ltd.] e a ampliação da sua força de trabalho mostram que a companhia está se tornando cada vez mais independente no setor de chips, onde antes ela precisava buscar o apoio de outras empresas”, comentou Sholmo Grandman, presidente do Israeli Semiconductor Club. 

Ainda no que diz respeito à produção de chips, é sabido que a Apple contratou vários funcionários que trabalhavam na divisão de chips de uma companhia que foi fechada pela Texas Instruments, o que dá mais força à informação. 

Apesar de tudo ainda se tratar de um rumor (afinal, a Maçã ainda não anunciou nada de forma oficial), também se sabe que Tim Cock, diretor-executivo da Apple, visitou o país recentemente e teve uma conversa com Reuven Rivlin, presidente de Israel, jogando ainda mais lenha nessa fogueira.

Cupons de desconto TecMundo: