Um grupo de funcionários da Apple processou a empresa em 2011 devido a uma série de violações nas leis trabalhistas. Segundo os acusadores, a empresa não cumpria as exigências corretas para pausas de almoço e horários de descanso, além de atrasos de salário. O processo agora foi oficialmente escalonado pela justiça dos Estados Unidos e deverá envolver toda a classe de empregados da Apple, tanto do meio comercial quanto do corporativo.

O processo original de 2011 ganhou a adesão de todas as classes de funcionários da companhia, tendo sido assinado por 20 mil pessoas que trabalham na Apple no Estado da Califórnia. Esta não é a primeira vez que a empresa da Maçã tem que encarar o descontentamento dos seus funcionários nos tribunais, e, apesar de ter tido de pagar indenizações no passado, ela nunca foi alvo de uma ação tão gigantesca quanto essa.

Com o novo status, o processo seguirá nas cortes estaduais e deve chegar a um resultado até o final do ano. Dificilmente a Apple conseguirá vencê-lo, então é provável que a empresa tente fechar um acordo com seus funcionários para evitar danos astronômicos às suas economias.

Você pode ler o processo no original abaixo:

Cupons de desconto TecMundo: