A tecnologia da velha guarda pode ser bem dura na queda, às vezes conseguindo manter-se viva por muito em baús, caixas ou porões, enquanto esquecidas. E foi em uma situação parecida que um Apple Macintosh ganhou notoriedade na web ao ser encontrado 30 anos após sua última utilização. O mais impressionante é que ele ainda estava funcionando.

O computador pertence à mãe de, Chris Espinosa, um ex-funcionário da Apple que trabalhou para a empresa por alguns bons anos, integrando a equipe original responsável pelo Mac. Sua mãe manteve o computador cuidadosamente guardado em um armazém por 30 anos, com a embalagem original e tudo.

Espinosa ficou curioso ao descobrir que a máquina estava lá e foi buscá-la, querendo ver se ainda funcionava. O resultado foi um nostálgico registro do unboxing em fotografias, publicadas em seguida no Imgur. O computador retirado do fundo do baú foi um “Mac 512K” e junto com ele havia uma impressora matricial e um HD Apple de 20 megabytes.

Apesar da cor amarelada e da aparência encardida, o sistema inicializou normalmente, fornecendo um rápido retrospecto do passado.  Confira as imagens na galeria abaixo.

Mas que computador é esse?

O Apple Macintosh foi lançado em janeiro de 1984, com 128 KB de memória RAM. Rapidamente, tornou-se óbvio que isso era insuficiente, então oito meses depois a Apple lançou uma versão atualizada com 512 KB de RAM, chamada não oficialmente de “Fat Mac” (ou “Mac Gordo”).

Antes deste modelo, todos os computadores eram “baseados em texto”. Ou seja, você os operava digitando palavras no teclado. O Macintosh era executado através da ativação de ícones na tela com um pequeno dispositivo de operação manual que conhecemos por “mouse”. O princípio foi, mais tarde, aplicado a todos os computadores pessoais.

A desvantagem do modelo, porém, é que ele não possuía a opção de expansão de hardware — outras placas ou dispositivos não podiam ser instalados, nem capacidades gráficas podiam ser atualizadas. Se isso provocou saudosismo em você, não deixe de conferir também nosso artigo publicado nesta semana sobre como eram os computadores e mainframes dos anos 80.

Cupons de desconto TecMundo: