Se você é viciado em apps como Candy Crush e usa aparelhos com iOS, fique ligado: a Apple pode banir esses jogos em breve, além de proibir que títulos do mesmo estilo sejam adicionados à loja virtual da empresa.

De acordo com o site Techcrunch, a gigante já está rejeitando games que ofereçam "recompensas" em forma de itens e bônus a quem assiste a um vídeo de patrocinadores ou compartilha algo no Facebook, por exemplo. Apps que estão sendo atualizados em qualquer área, como gráficos e interface, já podem receber a proibição.

Esse tipo de "trapaça" é um dos esquemas a serem combatidos pela Apple

A Apple embasa as decisões em dois artigos de suas políticas. O 2.25 diz que "apps que mostram outros apps fora o seu para compra ou promoção em um visual similar ou que se confunde com a App Store serão rejeitados". Já o 3.10 avisa que "desenvolvedores que tentarem manipular ou trapacear nas avaliações de usuários ou no ranking na App Store com notas falsas ou pagas, ou qualquer outro método inapropriado, serão removidos do programa de desenvolvedores do iOS".

Novos ares?

Em resposta a desenvolvedores já prejudicados, a empresa afirma ser sempre contra ilegalidades nos aplicativos, mas parece que agora o papo é ainda mais sério. O problema é que grandes nomes da indústria de games mobile, como o próprio Candy Crush, adotaram essas políticas consideradas erradas e fizeram fama e fortuna. Será que eles precisarão passar pela readequação ou serão apagados sem dó da loja?

Essas mudanças parecem extremamente prejudiciais aos desenvolvedores menores, já que cortam ainda formas de monetização. Durante a WWDC 2014, a Apple apresentou várias novidades relativas à App Store para o iOS 8, como a necessidade dos pais autorizarem a compra de apps e itens por parte dos filhos.

Cupons de desconto TecMundo: