A bateria do iPhone 5S, ainda feita só por humanos. (Fonte da imagem: Reprodução/iFixit)

Em vez de fileiras de trabalhadores em uma linha de montagem que envolve trabalho pesado e constante, a Apple pode optar por máquinas de produção automática na fabricação das próximas baterias usadas nos gadgets da empresa. A informação é do site DigiTimes.

Segundo a publicação, o próximo iPhone já pode ter a bateria feita por produção automatizada, ação que reduziria a demanda por mão de obra humana. Depois do smartphone, caso o projeto seja bem-sucedido, outros segmentos da companhia devem adotar o mesmo procedimento.

A Apple já automatizou as linhas de produção do Mac Pro e do iMac. Fora a aplicação de alguns materiais e a montagem final dos dispositivos, não há a necessidade de um trabalhador com a mão na massa. O aumento do pagamento mínimo na China, o veto ao trabalho de jovens em fábricas, a alta taxa de desistência por lá e o baixo número de candidatos às vagas seriam os motivos que levaram à empresa a optar pelas máquinas. O país asiático ainda é, de longe, o maior fornecedor de componentes de dispositivos para a companhia.

Cupons de desconto TecMundo: