(Fonte da imagem: Reprodução/Apple)

A câmara municipal de Cupertino aprovou, por unanimidade, o projeto da Apple para a construção de seu novo quartel-general na cidade. Ocupando uma área de 176 acres, o prédio tem formato circular como um gigantesco anel no solo e era um antigo sonho do falecido Steve Jobs.

A votação do projeto essa semana foi apenas uma formalidade, pois a construção já havia sido aprovada em uma sessão da câmara no mês passado. No acordo, a Apple concordou em reverter mais dinheiro para a cidade, na forma de uma maior retenção dos impostos pagos.

No último ano, a cidade reembolsou mais de US$ 6 milhões dos US$ 12 milhões de impostos gerados pela Apple. A partir do próximo ano fiscal, porém, Cupertino vai reduzir essa taxa de reembolso da empresa, passando de 50% para 35%.

A nave espacial da Apple

Com a permissão da câmara municipal, a Apple pode começar a construção do novo campus imediatamente. A primeira etapa, no entanto, será a demolição do antigo prédio da HP, que se encontra no local.

A estrutura que a Apple planeja erguer em Cupertino é um enorme edifício em formato circular, feito de vidro, com 365 metros de diâmetro, equipado com painéis solares para produção energética e uma área interna reservada para a preservação da vegetação nativa.

O subsolo será capaz de abrigar até 2.400 veículos, e o prédio contará com espaços recreativos e esportivos, além de auditórios, escritórios e espaço para todos os departamentos da empresa. O projeto prevê que, a partir de 2016, mais de 14 mil funcionários podem começar a trabalhar nessa unidade.

O novo campus foi idealizado ainda quando Steve Jobs estava vivo, e em 2011, ele próprio deu o apelido de “nave espacial” para o conceito da estrutura.

Cupons de desconto TecMundo: