(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

Se você utiliza iPhones ou iPads que foram fabricados com as antigas conexões de carregamento — versões anteriores à instalação dos cabos Lightning —, você já pode ter utilizado cabos paralelos mais baratos do que os oficiais da empresa de Cupertino. Mas, se você possui um iPhone 5 ou aparelho mais recente, a história é bem diferente. Isso acontece porque os novos dispositivos podem não reconhecer os cabos não oficiais.

Um estudo do Wirecutter chegou à conclusão depois de analisar uma série de cabos paralelos, fabricados por outras empresas. Apesar de esses modelos serem mais baratos do que o cabo Lightning oficial da Apple — que, nos Estados Unidos, chega às lojas por US$ 19 —, eles raramente funcionam da maneira correta. E isso acaba tornando a aquisição deles um erro para a maioria dos consumidores.

O grande problema estaria no sistema operacional iOS 7. Os aparelhos não reconhecem os certificados desses cabos paralelos e acabam fazendo com que não seja possível a autenticação dos gadgets — consequentemente, a sincronização acaba prejudicada. Mesmo que as conexões acabem sendo permitidas, são muito prováveis as falhas nas transmissões de dados, uma vez que eles podem não ter acesso total às funções dos cabos originais.

E para quem pensa que os problemas acontecem apenas com os cabos de qualidade mais baixa, a realidade também mostra outra história. Cabos Lightning de empresas certificadas pela Apple — como Amazon e Monoprice — também podem apresentar falhas. Segundo o Wirecutter, apesar de serem sincronizados, esses cabos são menos portáteis e as diferenças nos preços acabam não compensando.

Cupons de desconto TecMundo: