Estaria a Apple enveredando por um mau caminho? (Fonte da imagem: Reprodução/CP)

Não é de hoje que os produtos que a Apple lança parecem frequentemente muito similares aos anteriores. A empresa parece ter um senso de tradicionalismo e teme mexer demais no que está vendendo bem com medo de perder aceitação dos consumidores. Ainda assim, o iPhone 5 e o iPad mini conseguiram dar uma certa renovada na cara da empresa, pelo menos no setor mobile, mas não parece que isso seja o suficiente para o conselho diretor da companhia.

Em uma reunião recente, os empresários que tomam as decisões da Maçã pediram para que Tim Cook, o CEO da companhia, “acelerasse na inovação”. Ou seja, eles estão preocupados com uma possível estagnação nesse sentido, já que mesmo vendendo bem, a empresa não consegue sair dos conceitos que construiu anos atrás, como o iPhone e o iPad.

Além da inovação

A preocupação do conselho diretor da Apple não parece concentrada apenas na inovação. Os resultados da fabricante, apesar de serem espetaculares, têm caído bastante. Fora isso, a liderança na participação no mercado de smartphones tem mudando de mãos, indo para o lado da Samsung e dos demais fabricantes parceiros do Google no Android.

O principal prejudicado nesse sentido é o iPhone, mas o iPad, que sempre esteve à frente de todos os concorrentes, viu recentemente o mercado de tablets Android superar sua quantidade de vendas.

Outro elemento que pode contribuir para essa preocupação com a marca é o fato de a empresa ter perdido milhões em valor de mercado muito rápido. Nos últimos meses do ano passado, o valor da ação da Apple estava contado em US$ 700, preço que hoje não passa dos US$ 461.

Financeiramente bem

Mesmo com todos esses problemas aparentes, não dá para dizer que a empresa anda mal das pernas. A cada trimestre fiscal, a quantidade de lucros apresentada é assustadora, mas há quem atribua isso ao fato de a marca “estar na moda”. Assim, quando esse furor passar, como a empresa manteria esses ganhos sem novidades realmente atraentes nas prateleiras?

A fonte do Fox Business, que afirma ter conseguido essas informações diretamente dos corredores da Apple, explica ainda que, até agora, o emprego de Cook não está ameaçado. Mas somente o fato de o conselho pedir uma aceleração no desenvolvimento de novidades já é, pelo menos, um sinal amarelo

Cupons de desconto TecMundo: