Você já reparou quanto tempo faz que a Apple não realiza nenhum grande evento para mostrar seus novos produtos? Pela primeira vez em vários anos, há um hiato de mais de sete meses entre duas apresentações — desde a chegada do iPad mini em outubro de 2012 até a WWDC 2013, que vai acontecer em junho. Desde 2010, a história estava sendo diferente.

Foram diversas apresentações nesta década. Havia uma média de quatro eventos anuais e pelo menos dois deles aconteciam no primeiro semestre — sempre contando a WWDC e mais uma apresentação, que geralmente era marcada pelas novidades no iPad. Mas, em 2013, somente a conferência de desenvolvedores é que vai acontecer nos seis primeiros meses do ano.

2010: o ano dos iPads

Em 2010, a Apple realizou dois eventos somente no primeiro semestre — totalizando quatro ao longo dos 12 meses —, sendo que o primeiro deles foi responsável pela apresentação da primeira geração dos iPads. O tablet, que inaugurou o segmento para a grande maioria dos consumidores, dominou o mercado e a cada nova geração vem conquistando mais fãs.

Primeira geração dos tablets (Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

No mesmo ano, a WWDC foi marcada pela apresentação de novidades bem interessantes no sistema operacional iOS e também pela primeira grande reformulação no design dos iPhones — percebida no iPhone 4 e depois no 4S. Em setembro também surgiram novidades nos iPods, Apple TV e iTunes. Depois disso, ainda ocorreu um evento em outubro para a apresentação do Macbook Air.

2011: o adeus a Steve Jobs

O ano de 2011 foi complicado para os fãs da Apple, não pelos produtos, mas por razões emocionais. Em março foi apresentada a segunda geração dos iPads, que trouxe uma reformulação ao design do aparelho — o mesmo que é usado até hoje.

(Fonte da imagem: Reprodução/Wikimedia Commons)

Em junho, a WWDC foi utilizada para as demonstrações do iOS, mas ficou marcada mesmo como a última participação de Steve Jobs, que faleceria em outubro. E a morte dele ocorreu exatamente um dia após Tim Cook (que depois se tornaria CEO da Apple) apresentar o iPhone 4S aos consumidores e à imprensa.

2012: cinco eventos e muitas novidades

Em janeiro, a Apple teve um evento que surpreendeu bastante, mas não de uma maneira positiva. Esperava-se novos aparelhos, mas somente foi apresentado o projeto Apple Education. Dois meses depois foi a vez de ser mostrado o The New iPad com tela Retina e a nova versão da Apple TV. Na WWDC, em junho, a tela Retina chegou também ao Macbook Pro de 15 polegadas.

(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

No segundo semestre ainda vieram outras novidades bem interessantes. Pela primeira vez desde que Tim Cook assumiu a Apple, o iPhone e os iPods ganharam designs novos, mais condizentes com as exigências do mercado. E em outubro a empresa de Cupertino mostrou também a quarta geração dos iPads, uma versão reduzida do tablet chamada iPad mini e o Macbook Pro de 13 polegadas com tela retina.

O que esperar para 2013?

Já na primeira quinzena de junho, teremos a realização do WWDC 2013. Como sempre, a Apple não disse quais são as grandes novidades a serem mostradas no evento, mas há especulações bem contundentes. Como acontece todos os anos, o evento deve ser marcado pela apresentação dos novos recursos do Mac OS X e também do iOS, que deve ter todo o layout modificado.

Outra possibilidade é a chegada de novidades na linha de Macs — tanto para os Macbooks quanto para os modelos desktop da empresa. Os portáteis devem demorar mais alguns meses para que tenham as informações reveladas. Isso acontece porque a Apple deve retomar o ciclo antigo de apresentações, com apenas três grandes eventos ao ano.

Se isso for mesmo verdade, devemos ter a chegada do novo iPhone em setembro deste ano, sendo que os iPads chegarão um mês depois. Para os próximos anos, é difícil que este cenário seja novamente modificado. Mas é claro que estamos falando de estratégias de mercado e isso pode mudar em diversos momentos diferentes.

Mesmo assim, pelo menos o ano de 2013 parece estar bem definido. A menos que surja uma grande e revolucionária novidade no segundo semestre, dificilmente sairemos deste ciclo que está se montando.

.....

Como você viu, a Apple parece mesmo estar retomando os ciclos anuais em seus produtos. Mas será que isso é o suficiente para competir de igual para igual com as outras fabricantes que estão no mercado?

Cupons de desconto TecMundo: