(Fonte da imagem: Reprodução/CNET)

A Apple comprou a WiFiSlam, uma startup que oferece um serviço de localização baseado nos sinais de redes sem fio dentro de edifícios e moradias. O valor da aquisição, de acordo com o The Wall Street Journal, foi de cerca de 20 milhões de dólares.

A WiFiSlam permite a localização de dispositivos dentro de ambientes fechados pela distância aproximada dos aparelhos conectados às redes WiFi disponíveis no local. A precisão do aplicativo é de 2,5 metros. Com isso, é possível determinar o andar e o aposento de um destino, por exemplo.

Mapeando interiores

A compra parece ser uma resposta da Apple às críticas sobre o seu serviço de localização, já que o app Maps revelou falhas grosseiras – inclusive levando aventureiros a se perder no deserto australiano. A imprecisão do aplicativo da Apple fez com que o executivo Tim Cook se desculpasse pela má qualidade do produto no ano passado.

A compra da startup pode indicar que a empresa está interessada em melhorar o seu serviço de localização e não deixar a Google dominar o setor com tanta facilidade como vem fazendo. A Google já oferece a localização em interiores para ambientes públicos como aeroportos, shoppings e estádios de esporte.

Ironicamente, a WiFiSlam tem entre seus fundadores um antigo engenheiro de software da Google. A Apple não se pronunciou sobre o objetivo da compra ou sobre o que planeja fazer com o serviço de localização indoor, mas confirmou a aquisição da startup.

Cupons de desconto TecMundo: