Vaga de emprego na Apple revela interesse em nova arquitetura para chipsA7 vem aí? (Fonte da imagem: Reprodução/Slashgear)

Segundo o DigiTimes, a Apple pode realizar uma parceria com a Intel para que ela produza pelo menos uma porcentagem da sua demanda de processadores A7, chips que devem ser utilizados pela companhia em seus próximos gadgets móveis, como iPads e iPhones.

A publicação afirma que a empresa da Maçã vem procurando maneiras de se distanciar cada vez mais da Samsung, isso devido à concorrência entre as duas empresas e também por causa da guerra de patentes que acontece no mundo todo entre as duas gigantes da tecnologia.

Vale lembrar que já há alguns anos a Samsung é uma das principais fornecedoras da Apple, vendendo para a companhia processadores, memórias DRAM e RAM, microchips, painéis eletrônicos e diversos outros insumos.

Chineses na área

O jornal diz que a Intel assumiria cerca de 10% da produção total. Outros 40% seriam fabricados por outra companhia, a Taiwan Semiconductor Manufacturing Company (TSMC). Dessa forma, os pedidos de processadores vindos da Samsung cairiam pela metade, porém ainda assim a Apple teria que comprar 50% da sua demanda diretamente da sua concorrente sul-coreana.

De acordo com o DigiTimes, as informações foram obtidas junto a um “investidor institucional” de alguma das companhias. Por fim, o jornal cita que os novos processadores podem explorar ainda mais as novas arquiteturas de núcleos múltiplos e que ele deve começar a ser produzido, no máximo, a partir do começo de 2014. Apesar da participação de várias outras companhias na produção, os processadores ainda seriam assinados pela Apple.

Cupons de desconto TecMundo: