Tony Fadell. (Fonte da imagem: Reprodução/Telegraph)

No fim de outubro deste ano, Scott Forstall, funcionário de longa data da Apple e um dos principais engenheiros do iOS, foi demitido após uma polêmica envolvendo o fracasso dos mapas da empresa para o sistema operacional. Mas, apesar de essa ter sido uma grande perda para a Maçã, nem todo mundo ficou triste com o ocorrido.

É só ver o exemplo de Tony Fadell. Ele já foi vice-presidente sênior da divisão do iPod e depois conselheiro de Steve Jobs, trabalhando lado a lado com Forstall durante algum tempo, até o lançamento do iPhone 3GS – e, em entrevista para a BBC, disse que o ex-colega “teve o que merecia”.

Fadell considera Forstall como o responsável por sua saída: ambos viviam brigando nos escritórios da empresa por créditos, fontes e ideias em projetos da Apple. “Se você ler os relatórios, as pessoas estavam comemorando em Cupertino [campus da Maçã] quando isso aconteceu”, alfinetou o engenheiro, que hoje tem uma empresa responsável por fabricar um termostato.

A conclusão é ainda mais ácida: só a partir de agora, segundo ele, os funcionários terão a chance de “firmar o pé” na empresa e “continuar o legado que Steve Jobs deixou”. Na entrevista, Fadell ainda fala da Apple em si e do trabalho ao lado do cofundador da empresa. Para acessá-la, é só clicar aqui.

Cupons de desconto TecMundo: