(Fonte da imagem: Reprodução/BGR)

O lançamento do aplicativo Maps, da Apple, rendeu uma série de críticas à empresa pela qualidade duvidosa do serviço. Além disso, a situação se tornou ainda mais grave pelo simples fato de que no iOS 6 não é possível utilizar mais o Google Maps.

Ciente da situação, a Apple já começou a trabalhar nas correções que precisa fazer para que o serviço fique, no mínimo, aceitável. Para isso, abriu vagas de emprego para pessoas que devem trabalhar no projeto. Entre as prioridades das contratações estão os  ex-funcionários do Google Maps.

A ideia é oferecer salários mais altos e propostas tentadoras para que outros funcionários da Google também se sintam motivados a seguir o mesmo caminho. A Google conta hoje com cerca de 7,1 mil funcionários trabalhando exclusivamente no Google Maps, número que vai demorar bastante para ser superado pela empresa da Maçã.

Fonte: Techcrunch

Cupons de desconto TecMundo: