Um novo capítulo da novela “UDIDs da Apple” sugere que o FBI não tem envolvimento com o vazamento de dados dos clientes da Maçã. Segundo a notícia da NBC News, os dados roubados pelo AntiSec foram obtidos dos computadores da Blue Toad, uma desenvolvedora de apps.

Em entrevista ao NBC News, o diretor da empresa, Paul DeHart, confirmou que a lista de UDIDs tem pelo menos 98% de compatibilidade com a que a companhia tem armazenada. Apesar de revelar essa informação, DeHart diz que não pode comentar como os dados foram roubados, visto que há uma investigação em andamento.

(Fonte da imagem: Reprodução/NBC News)

É interessante notar, no entanto, que a Blue Toad não fazia ideia de que os dados foram capturados de seus computadores. A NBC informou que uma empresa de segurança comparou os dados roubados com os da Blue Toad, para depois avisar a companhia sobre esse detalhe.

O site The Verge ainda lembra que nada impede que alguém tenha roubado os dados da Blue Toad, publicados em outro lugar, e somente então o AntiSec tenha conseguido roubar as informações. De qualquer forma, esse novo episódio dá a entender que envolver o FBI foi apenas uma forma de chamar a atenção.

Fonte: NBC News, The Verge

Cupons de desconto TecMundo: