(Fonte da imagem: Reprodução/site da cidade de Cupertino)

Em meados de 2011, Steve Jobs apresentou ao Conselho da cidade de Cupertino as características daquele que seria o novo quartel-general da Apple. Não demorou muito para que a segunda sede da Maçã tivesse o seu projeto arquitetônico comparado ao visual de um disco voador.

Muitos residentes em torno do terreno ficaram preocupados principalmente com o impacto do novo edifício no trânsito e no meio ambiente. Recentemente, de acordo com o site 9to5Mac, a empresa tomou a iniciativa de pedir a opinião sobre o empreendimento daqueles que serão os seus futuros vizinhos. Para isso, a Apple enviou folhetos aos moradores da região explicando mais detalhes do projeto.

Entre as informações fornecidas, estavam os fatos de que ali não seriam realizadas atividades industriais (ou seja, não serão fabricados eletrônicos), de que o campus alcançará certificados de sustentabilidade, que o Infinite Loop continuará sendo a sede principal da marca e que o início das obras está planejado para este ano. As pessoas podem responder por meio de cartas ou acessando o site do município.

O “Campus 2” da Maçã cobrirá um território de 175 acres – algo em torno de 708 mil metros quadrados. Ao total, o local deve ter 2,8 milhões de metros quadrados de área utilizável, distribuídos entre pavimentos de pesquisa e desenvolvimento, espaços de lazer, salas de conferências, auditório para mil pessoas, sala de ginástica, usina de energia e estacionamento subterrâneo.

O prédio tem previsão para ficar pronto em 2015 e abrigará mais de 12 mil funcionários da empresa. Confira nesta notícia as novas imagens da nova sede da Apple, as quais foram divulgadas pela prefeitura de Cupertino.

Fonte: 9to5Mac

Cupons de desconto TecMundo: