Como forma de aprimorar seu sistema de mapas, a Apple iniciou um novo programa que oferece recompensas a quem encontrar problemas nele. Qualquer pessoa pode se inscrever para participar da iniciativa, que vai oferecer recompensas com valor variável dependendo do tipo de problema encontrado.

Segundo o site iGeneration, cada voluntário vai receber US$ 0,54 por correção enviada, sendo que há um limite de 600 correções semanais para cada participante — resultando em um ganho máximo de US$ 324 por semana. O sistema aparentemente está em testes desde metade de 2016 e deve ser oferecido publicamente ainda em junho deste ano.

Durante a fase de testes do sistema, a Apple contratou empresas terceirizadas responsáveis por selecionar os participantes do programa. Cada voluntário era incumbido de verificar uma área específica e categorizar os resultados que aparecerem na tela, corrigindo qualquer irregularidade em endereços, localizações e outros detalhes.

Tarefa voluntária

O iGeneration afirma que as tarefas propostas pela empresa não são fixas e costumam surgir em “lotes” de centenas ou milhares por vez. Desde que o sistema entrou em ação, pelo menos 9 mil correções já foram enviadas pelos voluntários, número que pode ser considerado relativamente baixo para uma solução de mapas tão abrangente.

A disposição da Apple em melhorar seus sistemas deve resultar em um maior número de usuários satisfeitos com a plataforma o que trará como consequência uma maior preocupação com a veracidade de seus dados. Até o momento não há indícios de data em que a empresa deve colocar seu novo plano em ação, tampouco se ele estará disponível em todos os países nos quais ela atua.

Cupons de desconto TecMundo: