Após realocações de funcionários desde o ano passado, a Apple finalmente colocou um ponto final em sua divisão de desenvolvimento de roteadores WiFi. Assim, produtos como o AirPort Express, AirPort Extreme e mesmo a família Time Capsule não devem receber atualizações, mesmo com os modelos ainda à venda por valores entre US$ 99 e US$ 399, aproximadamente de R$ 330 a R$ 1.340.

Com isso, os engenheiros que trabalhavam no desenvolvimento das tecnologias em torno dos dispositivos roteadores da Apple foram ou ainda serão realocados para divisões responsáveis pela Apple TV e outros projetos onde melhor se encaixarem. Os produtos emissores de WiFi da Apple não recebiam atualizações desde 2013, com o suporte para rede 802.11ac. Não se sabe até quando a fabricação desses modelos vai continuar sendo feita pela empresa de Cupertino.

AirPort Extreme

Foco onde vende mais

Os roteadores foram responsáveis por 5% das vendas da Apple em 2016, o que é referente a uma soma de US$ 11,1 bilhões

A ideia da empresa é focar mais em seus produtos de consumo principais, que são responsáveis pela maior parte da receita da empresa. Encaixados sob a categoria “Outros produtos” nos resultados financeiros anuais da empresa, os roteadores foram responsáveis por 5% das vendas da Apple em 2016, o que é referente a uma soma de US$ 11,1 bilhões, em torno de R$ 37,2 bilhões.

A força de trabalho extra removida dessa área, ao ser inserida em outras categorias de produtos, vai ajudar a desenvolver produtos mais inovadores dentro de divisões que geram mais vendas e maiores lucros, como iPads, iPhones e muito mais.

Cupons de desconto TecMundo: