Imagem de: Realidade aumentada da Apple deve ser lançada entre 2017 e 2018

Realidade aumentada da Apple deve ser lançada entre 2017 e 2018

1 min de leitura
Avatar do autor

O analista Ming-Chi Kuo, da KGI, afirmou que a Apple vai lançar um produto de realidade aumentada em "um ou dois anos". Em nota para investidores da Maçã, Kuo disse que a AR "encaixa na aptidão da Apple em entregar experiências inovadoras aos usuário".

De acordo com Kuo em nota, o iPhone será o responsável por carregar a solução de realidade virtual — contudo, ele não forneceu detalhes de como isso será feito. Acredita-se, em parte, que a utilização do iPhone será de alguma maneira similar aos smartphones Android que já podem ser usados em produtos de realidade virtual (VR).

  • Para você não confundir: um exemplo de realidade aumentada é Pokémon GO, que usa a câmera do celular para mostrar os monstrinhos no mundo real

Enquanto a Apple deve trazer um produto que trabalhe com o hardware do iPhone, a fabricante que está tornando realidade uma solução robusta de AR é a Microsoft com o HoloLens. O HoloLens possui displays transparentes, sensores e câmeras, além de um software próprio, para entregar a experiência mais imersiva possível.

Kuo também acredita que AR da Apple sirva para, por exemplo, mudar drasticamente a maneira em que usuários lidam com o Watch e o Apple TV, o que eliminaria telas pequenas e melhoraria os controles de comandos.

Apple Car (conceito)

Apple Car?

Faz tempo que rumores sobre a Apple desenvolver um carro próprio e autônomo existem — o projeto tem até nome: "Titan". O relato ainda indica que a realidade aumentada seria utilizada como tecnologia automotiva na Maçã.

No caso, a AR viria no painel do veículo e também entregaria uma integração melhor com a assistente virtual Siri para o motorista. Vale notar que Tim Cook, CEO da Apple, já comentou que está investindo na tecnologia de realidade aumentada "a longo prazo".

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Realidade aumentada da Apple deve ser lançada entre 2017 e 2018