Os ultrafinos da Apple estão com cada vez mais fãs. É fato que o Macbook Air é poderoso para suas finalidades, mas a empresa de Steve Jobs ainda não está convencida de que chegou ao ponto mais alto possível. Uma prova disso é a instalação dos novos processadores Sandy Bridge, que devem compor a próxima geração dos notebooks.

Fonte da imagem: divulgação/Apple

Fontes ligadas à Intel dão informações bastante substanciosas sobre a novidade. Segundo elas, os modelos de processadores disponibilizados para a Apple são: Core i5-2557M (1,7 GHz), Core i7-2637M (1,7 GHz) e Core i7-2677M (1,8 GHz). Abandonando os chips Core 2 Duo, os Macbook Air podem oferecer melhor desempenho para seus consumidores.

Macbook Air preto? Não desta vez

Alguns rumores diziam que, possivelmente, seria criada uma versão preta para os ultrafinos. A verdade é que a Apple realmente testou o novo design para o Macbook Air, mas o projeto foi barrado ao chegar às mãos de Steve Jobs. Segundo o CEO da empresa, a cor preta pode ser muito bonita nos notebooks, mas em poucos minutos a gordura dos dedos começa a ficar aparente e ele ganha um aspecto muito sujo.

Até poucos anos atrás, os notebooks Macbook possuíam a opção de serem comprados na cor preta, mas hoje nenhum dos aparelhos da Apple é vendido dessa forma. Várias fontes norte-americanas continuam prevendo o lançamento de um Macbook Air preto, mas sugerem que seria necessário utilizar o mesmo material aplicado aos iPods Shuffle.

Nova geração de desktops Apple

Quem pensa que a Apple só se dedica aos portáteis está enganado. Os utilizadores do Mac Mini devem contar com a nova geração dos computadores ainda neste ano, com algumas modificações no hardware. Para começar, espera-se que ele seja vendido com a porta Thunderbolt embutida para garantir melhor qualidade na transmissão de dados e vídeo.

Fonte da imagem: divulgação/Apple

Outra alteração importante é a saída dos processadores Core 2 Duo para a entrada dos Intel Core Sandy Bridge. O problema é que ainda não foram confirmados novos processadores gráficos, o que nos leva a pensar que o GPU utilizado será integrado ao processador da Intel, menos potente do que os utilizados anteriormente.

Time Capsule e AirPort Extreme

Os periféricos também ganharam seus rumores. É muito provável que a Time Capsule (central de backups) seja atualizada para suportar até 3 TB de dados. O design também foi remodelado para que haja menos problemas de superaquecimento com os aparelhos. Por fim, o AirPort Extreme deve ganhar mais antenas e suporte para até três redes simultâneas.

Projeto do novo AirPort Extreme (Fonte da imagem: FCC)

Problemas na bolsa

Durante as últimas semanas, a Apple teve quedas bruscas no valor de suas ações. Entre os fatores que mais contribuem para isso, estão a evolução do Android e a incerteza em relação ao futuro da Apple após a saída de Steve Jobs. Mesmo assim, analistas dizem que com os lançamentos futuros a marca deve voltar a ser valorizada na bolsa internacional.

Cupons de desconto TecMundo: