Ao adquirir um novo aparelho ou somente um novo chip SIM de uma operadora qualquer, sempre somos presenteados também com uma cartela contendo um código numérico conhecido popularmente como PIN (sigla para Personal Identification Number, ou Número de Identificação Pessoal).

O fato é: são pouquíssimas as pessoas que dão a atenção devida para esse conjunto de algarismos. A maioria dos consumidores sequer tem o cuidado de guardar essa cartela em um lugar seguro, caso seja necessário consultá-la posteriormente. E também não é difícil encontrar quem nem mesmo saiba qual é a utilidade dos tais PINs e como utilizá-los para adicionar uma camada extra de proteção em seu telefone celular.

Basicamente, tratam-se de códigos capazes de bloquear as funcionalidades de seu chip SIM, impedindo que pessoas não-autorizadas realizem chamadas telefônicas, naveguem pela internet ou enviem mensagens SMS através do seu número. Caso a proteção por PIN esteja ativada, será necessário informar o código em questão sempre que o dispositivo for ligado (durante seu boot); caso contrário, não será possível usar os recursos de sua operadora.

Usando o PIN para proteger o seu chip

É muito fácil ativar a proteção por PIN no chip SIM de um dispositivo Android. Ainda que tenhamos preparado este tutorial usando um aparelho com KitKat (4.4.4), o procedimento é idêntico nas versões mais recentes (Lollipop) ou mais antigas (Jelly Bean, ICS etc.) do sistema operacional. Primeiramente, entre no menu de configurações gerais de seu dispositivo. Em seguida, procure pela opção “Segurança”.

Dentro da janela Segurança, procure pela opção “Configurar bloqueio do SIM” e toque nela. Na tela que se abre, marque a caixa de seleção referente à opção “Bloquear cartão SIM”. Será necessário informar o código PIN que se encontra na cartela enviada junto com seu chip (caso não tenha mais a cartela, é provável que sua operadora saiba informar a senha.

Perceba que você só pode errar o PIN duas vezes; caso insira o código errado três vezes, será necessário usar os dois códigos PUK (também informados na cartela) para desbloquear a funcionalidade. Posteriormente, caso queira, você pode tocar na opção “Alterar PIN do SIM” para configurar uma senha personalizada para o seu chip – apenas tome cuidado para não esquecê-la!