(Fonte da imagem: Reprodução/Android (Google+))

Não há dúvidas de que o Android é o sistema operacional portátil mais disseminado no mercado mundial — e aqui no Brasil a história não muda. E segundo uma nova previsão realizada pelo instituto IDC, essa tendência deve ser mantida por pelo menos quatro anos. Isso mesmo, até 2016 o Android deve continuar na liderança dos sistemas operacionais para smartphones — podendo chegar aos 63,8% do mercado na ocasião.

Em relação aos fabricantes com maior obtenção do mercado, ainda é difícil imaginar que alguma empresa consiga números melhores do que a Samsung — líder absoluta no setor de aparelhos. O IDC ainda revela que LG e Sony podem conseguir bons números, uma vez que mostram boas reações em relação aos últimos anos, quando perderam grandes fatias do mercado.

Um dos grandes responsáveis pelo sucesso do Android é o fato de ele contribuir bastante para a “democratização” dos smartphones. Enquanto os outros sistemas precisam de hardwares mais exigentes, algumas versões mais antigas do Android permitem que aparelhos mais baratos também possam ser utilizados — o que acaba sendo bem mais econômico para os consumidores.

(Fonte da imagem: Reprodução/Android (Google+))

E os concorrentes?

Não é apenas de Android que o estudo trata. Quando pensamos no sistema da Apple (iOS), não há números concretos, mas é estimado que a parcela do mercado ocupada fique entre 18% e 20%. Estima-se que o Windows Phone chegue à marca dos 11,4% do mercado em 2016, ao mesmo tempo em que o Blackberry pode cair para 4,1% e os sistemas Linux devem ser reduzidos para apenas 1,5%.

E depois de 2016?

O estudo do IDC vai até 2016, por isso não é possível dizer como seriam os anos seguintes com base em pesquisas reais. Por outro lado, caso as tendências do mercado continuem as mesmas — e a Google não faça nada de muito errado com o sistema operacional —, dificilmente veremos uma mudança de cenário ainda nesta década.

Cupons de desconto TecMundo: