O instituto Blancco Technology Group acaba de publicar seu relatório de estabilidade dos sistemas operacionais portáteis baseado no segundo trimestre de 2016.

No documento há várias informações bem interessantes sobre as taxas de falhas que são vistas nos smartphones Android e iOS.

Entre as informações estão os tipos de erros mais comuns nos aparelhos, frequência de crash de aplicativos, erros causados por mau funcionamento do SO e apps que mais apresentam erros.

Vale dizer que todos os índices mostrados pelos pesquisadores são relacionados a ferramentas de diagnósticos do próprio Blancco Technology Group — e não há muitas informações sobre os métodos utilizados para a criação dos testes.

Importante: são consideradas falhas erros com crash de apps, falhas no WiFi, interrupção de sinal em headsets, perdas de pacotes internos em dados móveis, recepção de sinal de celular, problemas de carregamento, câmera, touchscreen, microfone e alto-falante, além de outras instabilidades.

iOS falhando mais que Android

De acordo com a publicação do instituto, os aparelhos com iOS estão menos estáveis do que os modelos com Android. No total, 58% dos iPhones apresentou algum tipo de problema durante os testes de diagnóstico do Blancco. No Android, o índice foi bem menor e chegou a 35%.

Nos iPhones, o tipo de problema mais visto está relacionado aos apps crashando, que somaram 65% de todos os erros — depois vêm WiFi (11%), headset (4%), dados móveis (4%) e recepção (2%). Já no Android: câmera e carregamento lideram (10%) e são seguidos por touchscreen (7%), speaker e microfone (5% cada).

Blancco diz que esses erros têm sido muito visíveis nos iPhones 6 e iPhones 6s. Há a informação ainda de que a principal versão responsável por essas falhas seria a 9.3.1 do iOS.

Os aparelhos com mais erros

Segundo o mesmo relatório, os smartphones que mais sofrem com a instabilidade no Android são dois modelos da LeTV. O primeiro deles é o Le1S, com 10% de retorno com falhas, enquanto o Le1S Eco retorna 7% de falhas. Em seguida surgem Lenovo Vibe K5 Plus (6%), Lenovo Vibe P1m (4%) e Lenovo K3 Note (4%).

Se forem consideradas apenas as fabricantes, a que mais passou por algum tipo de falha foi a Samsung (26%). Depois vieram Lenovo e LeTV (17% cada), Motorola (11%) e ASUS (7%).

Os apps mais instáveis

O Blancco Technology Group também trouxe duas listas com os apps que mais sofrem com instabilidades em cada sistema operacional. Confira abaixo quais são os 10 softwares com maior índice de falhas:

iOS

  • 10. WhatsApp (2%)
  • 9. Google Photos (2%)
  • 8. Pandora (2%)
  • 7. GroupMe (2%)
  • 6. Pinterest (2%)
  • 5. Google (3%)
  • 4. Facebook Messenger (5%)
  • 3. Facebook (9%)
  • 2. Instagram (14%)
  • 1. Snapchat (17%)

Android

  • 10. Setup Wizard (2%)
  • 9. Messages (2%)
  • 8. Mobile Transfer (2%)
  • 7. Google Play Store (3%)
  • 6. Launcher (4%)
  • 5. TouchWiz Home (5%)
  • 4. Photos (5%)
  • 3. Address Book (5%)
  • 2. Google Contacts Sync (5%)
  • 1. Google Play Services (12%)

.......

O seu smartphone faz parte das estatísticas de erros?

Cupons de desconto TecMundo: