A surpresa de Marty McFly ao calçar os tênis Nike Air 2015 em “De Volta para o Futuro 2” pode – em breve – percorrer o rosto de milhares de pessoas, se a gigante dos calçados decidir produzir sua última requisição de patente: tênis que se amarram automaticamente.

A ficha do produto, na verdade, fala de um sistema de iluminação de calçados, associada ao ajuste automático dos cadarços. Apesar da requisição não ser garantia de que o produto chegará às lojas algum dia, a esperança de toda uma geração torce para que a produção aconteça, e logo.

Segundo o CrunchGear, um dos principais sites sobre tecnologia em língua inglesa da internet, a patente pode ser um indício da produção de uma série limitada dos tênis, a ser lançada junto com a edição comemorativa em Blu-ray da série clássica de ficção científica.

O sistema descrito na patente é muito parecido com o dos calçados que aparecem no filme e, pelo menos no papel, parecem funcionais.

Patente da Nike

Fonte: CrunchGear

Além da faixa maior no topo do tênis, o sistema descrito pela Nike para a requisição de patente inclui também acertos automáticos no peito do pé e no calcanhar, para máximo ajuste do calçado à anatomia do usuário.