Há cerca de cinquenta anos, televisão era artigo de luxo e telefone, símbolo da modernidade. As coisas evoluem e os artefatos tecnológicos não ficaram de fora dessa. 

Em meados da década de 90, o computador e a internet chegaram arrasando corações. Mas quem mal sabia ajustar o relógio do vídeo cassete deixou essa onda passar. A web é um lugar jovem e para os jovens, mas nada impede que os vovôs, vovós, mães e pais também pulem de cabeça nessa rede.

De acordo com pesquisas realizadas pelo IBOPE, cerca de 400 mil idosos modernos já incluíram a internet à lista de suas atividades diárias. O número pode parecer pequeno perto dos já conhecidos 66 milhões de internautas brasileiros, mas é significante.

Idosos online

A turma do 65+ nasceu em uma época que não havia video game, televisão colorida ou celular. Para eles é difícil compreender a ampla capacidade da rede e dos novos eletrônicos. O medo dessa tecnologia relativamente nova é uma das principais barreiras para a inclusão digital do idoso. Sim, para eles, o computador é um verdadeiro bicho de sete cabeças.

Terceiro clique

Você navega no Baixaki, conversa com seus amigos no MSN e joga seus games favoritos. Já passou pela sua cabeça trazer a vovó ou o vovô para a frente do computador e ensiná-lo partes daquilo a que você está acostumado?

Xadrez, hidroginástica, chá na casa das amigas: tudo isso é coisa do passado! O idoso está morrendo de curiosidade sobre esse misterioso bicho metálico que é o computador e você pode ajudar a desmistificá-lo.

Navegar pode não ser tão simples

Os obstáculos de aprendizagem da informática por parte do idoso englobam não só o medo do desconhecido, mas o receio de estar entrando em uma área voltada para os jovens. Além disso, a língua inglesa, amplamente utilizada nos computadores, também é um ponto contra. O desafio é grande, mas você pode sim ajudar os mais velhos a usar um computador

Um computador para a terceira idade

Pensando nos idosos e em suas limitações, foi criado o computador SimplicITy. O PC inglês, que visa tornar a inclusão digital ainda mais simples, vem com apenas seis botões no sistema operacional. Pode-se enviar um email, entrar em um chat, abrir documentos ou acessar a web, entre outras tarefas básicas.

Computador para a terceira idade

Além das escolhas limitadas, que evitam a confusão, todas as fontes são em tamanho grande, para que olhos cansados dos vovôs e das vovós não errem o clique.

Escola 65+

O Baixaki lança o desafio e dá algumas dicas para trazer seus pais ou avós para o fantástico mundo da tecnologia:

Aceita o desafio?1. Comece pela apresentação da máquina: o que é o mouse, o teclado, onde fica o computador em si, para que serve o monitor etc;

2. Ensine tarefas básicas: como ligar, o que é um arquivo, o que é uma pasta, o que é um navegador de internet etc;

3. Dê dicas de como eles poderão aplicar a internet em seu dia a dia: como mandar um email, como ler notícias, como conversar com os filhos ou amigos usando a webcam etc;

4. Mostre a eles as maravilhas da internet: vídeos no YouTube, buscas no Google, imagens no Google Street View, informações na Wikipedia etc;

Acredite, para eles, ver no Google Earth o país de onde vieram seus pais ou avós é mais do que fantástico. O que para nós é rotineiro, para eles é um emocionante show de mágicas;

5. Seja paciente! Você nasceu com um mouse na mão, mas os mais velhos podem não ter a menor ideia do que é o “Enter” ou o “download”.

O desafio está aí: separe alguns minutos do seu dia para ensinar seus avós ou seus pais a usar o computador. Dê uma chance a eles e conte-nos a sua experiência!