Parece que a Google está apostando em uma nova forma de realizar transmissões por meio de um aplicativo que estará disponível inicialmente para iOS e Android conhecido como YouTube Connect. A informação foi descoberta pela equipe do site VentureBeat, e até o momento nenhum funcionário da Gigante das Buscas se manifestou para dizer se esse projeto é real ou não. 

De acordo com as informações divulgadas por uma fonte do site, a ideia desse aplicativo (que pode ser considerado um concorrente do Periscope e do Live, do Twitter e do Facebook, respectivamente) é permitir a visualização do conteúdo diretamente do aplicativo ou em seus respectivos canais no YouTube. Aparentemente, haverá a opção de enviar o conteúdo para o site de vídeos assim que a transmissão terminar.

Aplicativo da Google pode ser resposta da empresa ao Periscope e ao Live

Opções variadas 

Outro detalhe informado é que tanto a conta da Google quanto a do YouTube vão funcionar aqui. Além disso, o serviço também contaria com sistema de chat e até mesmo uma espécie de feed para que o usuário possa ver os últimos trabalhos dos seus amigos ou daqueles que possuem canais nos quais você se inscreveu. 

Foi mencionado também que, até o momento, o aplicativo ainda não possui integração com o Facebook, ou mesmo o Twitter – o que seria uma mão na roda para que o usuário pudesse compartilhar seus trabalhos nas redes sociais de maneira rápida. 

Até o momento, ainda não há uma previsão de data de lançamento para o YouTube Connect, aplicativo que vai se unir ao YouTube Capture e ao YouTube Gaming se realmente estiver em desenvolvimento (vale lembrar, a Google ainda não se pronunciou sobre o assunto) Há a possibilidade de que ele seja apresentado ao mundo em maio, durante o Google I/O, mas por ora tudo não passa de especulação.

E o Creator Studios?

Vale lembrar que oferecer uma ferramenta de transmissão não é uma total novidade na lista de opções do YouTube, pois é possível realizar tal ação recorrendo ao Creator Studios - porém, esse possui menos recursos. Se ele vai se manter vivo após o lançamento do YouTube Connect? Isso só o tempo poderá dizer.

O que você acha da proposta da Google de trabalhar um aplicativo para realizar transmissões? Comente no Fórum do TecMundo