Uma das maiores novidades apresentadas no evento WWDC 2013, da Apple, foi o novo Mac Pro. O desktop tinha um visual bastante antiquado, não recebia mudanças significativas há alguns anos e parecia cada vez mais marginalizado pela empresa – até receber um redesign completo e virar um dos mais estilosos aparelhos da companhia.

O aparelho conta com configurações bastante potentes, incluindo um processador Intel 12-core, mas o que chama a atenção mesmo é o visual do desktop, que o deixa parecido com um foguete ou turbina.

(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

Com as devidas explicações sobre o porquê da adoção do formato cilíndrico, a Apple convence que o visual é um dos mais adequados para um computador – mas ninguém havia pensado nisso antes.

Mais que um rostinho bonito

Quando você pensa em um desktop, é comum imaginar vários componentes distribuídos separadamente no gabinete, gerando calor separadamente e ocupando uma boa quantidade de espaço. No novo Mac Pro, que tem um oitavo do volume do anterior, a ideia é fazer exatamente o contrário.

(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

O formato cilíndrico permite que as peças fiquem próximas umas das outras em um encaixe perfeito. E não é só para impressionar visualmente: esses componentes foram unificados em um “núcleo térmico”, que concentra todo o calor gerado pela CPU e pela GPU e distribui essa energia entre os processadores.

Isso garante uma compensação, caso um dos processadores não esteja funcionando corretamente, por exemplo.

Não esquenta!

(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

O posicionamento triangular desse encaixe permite ainda o uso de um sistema de ventilação criativo e eficiente, que segue o padrão de simplicidade do resto do equipamento.

Em vez de várias ventoinhas eliminando o calor dos componentes, consumindo muita energia e gerando bastante barulho, há um único dissipador que se livra do calor acumulado no centro da máquina, em um movimento vertical que começa na base e termina no topo do Mac Pro.

(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

A Apple garante que o sistema é silencioso, tudo graças a um sistema de hélices com curvas para trás que foi minunciosamente planejado. Elas giram um pouco mais devagar que o convencional, mas eliminam mais calor e fazem menos barulho que o normal por causa da menor resistência do ar.

Tudo ao alcance

(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

O formato cilíndrico presente também na base traz ainda uma facilidade pouco levada em conta: além de poder ser fixado em uma superfície lisa, como uma mesa, há uma facilidade em girar o aparelho para encontrar as entradas HDMI, Thunderbolt 2 e USB 3.0, entre outras.