Windows terá versão "limpa" por 99 dólares a mais

Versão mais crua do sistema operacional poderá ser ativada, mas exige pagamento extra dos consumidores.
  • Visualizações6.986 visualizações
Por Renan Hamann em 16 de Maio de 2012

Windows terá versão (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

A Microsoft quer que os usuários tenham muito mais “tranquilidade” na hora de utilizar o Windows. Por essa razão, o sistema operacional (na atual versão Windows 7) ganhará um recurso que exclui, de uma forma facilitada, todos os documentos e aplicativos instalados pelas fabricantes de computadores. Estamos falando dos chamados “Crapwares” (aqueles softwares que vêm com os PCs e geralmente ficam esquecidos nas máquinas).

Isso parece muito bom, afinal de contas vai permitir que os computadores fiquem mais ágeis e leves. O problema é que a Microsoft vai cobrar a mais por essa funcionalidade – que, provavelmente, será chamada de Signature Edition. Exatamente, quem quiser um Windows mais puro terá que desembolsar a quantia de 99 dólares para a própria Microsoft para adquirir o serviço que retorna do Windows ao formato "limpo".

Outro ponto que precisa ser analisado é que isso vai completamente contra outras propostas da Microsoft, que pode estar prestes a lançar um programa de incentivo à aquisição do Windows 7 (oferecendo descontos para o upgrade ao Windows 8).

Fonte: The Wall Street Journal



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!