Na hora de desligar o computador, o Windows normalmente oferece pelo menos três opções. Você pode desligar, suspender, hibernar ou ainda reiniciar o PC a partir do mesmo atalho. Mas afinal, o que cada uma dessas opções realmente significa?

“Desligar” certamente não representa qualquer dúvida para você, uma vez que simplesmente quer dizer que o seu PC será de fato desligado, como qualquer outra máquina ou eletrônico é desligado depois do uso. Contudo, às vezes, é difícil saber como a suspensão e a hibernação se diferem dessa opção e entre elas mesmas.

Por conta disso, a Microsoft preparou uma página detalhando como essas alternativas funcionam, e, no Windows 10, sempre que você passa o cursor do mouse sobre as opções de energia, uma pequena explicação é mostrada. Confira agora tudo isso em mais detalhes:

Suspender

A opção “Suspender” do botão de energia do Windows coloca o PC em modo de baixo consumo de energia, não o desligando completamente. Essa função permite que você inicie o dispositivo mais rapidamente quando voltar a utilizá-lo, uma vez que o sistema e os apps não foram removidos da memória RAM. Eles ficam ali esperando serem novamente acessados. Tudo fica do jeito que você deixou, porém em suspensão.

Hibernar

A hibernação pode ser encarada como um estágio de suspensão mais profundo. Ela salva seu trabalho do ponto em que você parou, mas o PC fica completamente desligado. Diferente da suspensão, entretanto, seus programas abertos ficam armazenados em forma de arquivo temporário no HD, e não na memória RAM. Com isso, seu PC pode ficar desligado e, ainda assim, voltar ao mesmo ponto de antes de ser hibernado.

Essa função não consome bateria, no caso dos notebooks, mas nem sempre está disponível no botão Iniciar do Windows. Isso acontece porque a maioria das máquinas atuais permite apenas que o usuário coloque o PC em suspensão, e, caso você não volte a usá-lo em algum tempo, ele entra automaticamente em hibernação ou suspensão híbrida. Para ativar novamente um PC que está em hibernação, você normalmente precisa esperar mais tempo em comparação com a suspensão comum.

Desligar

Como o nome da função não deixa margens para interpretações extras, essa opção é a mais comumente utilizada. Ela fecha todos os apps que estão em execução no Windows, encerra o próprio SO e finaliza a atividade de todos os componentes do seu dispositivo. O PC então fica completamente desligado.

Essa opção não gasta nada da bateria do seu notebook, mas é possível que ele perca carga naturalmente se ficar por muito tempo desligado (questão de 1 mês ou mais). Quando você religa a máquina, nenhum vestígio do que você estava fazendo anteriormente fica na memória RAM nem no HD, sendo necessário abrir todos os apps e arquivos de novo.

Obs: note que, quando você apenas fecha a tampa do seu notebook, ele entra em suspensão. Depois de algum tempo, ele entra em hibernação, mas nunca desliga. Isso só acontece caso toda a bateria acabe enquanto ele permanece em hibernação.

Qual é a melhor opção para o dia a dia: desligar, hibernar ou suspender o PC? Comente no Fórum do TecMundo