Embora o Windows Phone nunca tenha sido bem aceito pelo mercado norte-americano, a plataforma da Microsoft podia considerar a Europa como um “porto seguro”. No entanto, uma pesquisa conduzida pela Kantar World Panel mostra que até no “Velho Continente” a plataforma está perdendo a preferência dos poucos consumidores que conquistou.

Um relatório divulgado nesta quarta-feira mostra que o sistema operacional atualmente detém uma fatia de somente 6,4% do mercado europeu — queda de 3,3% em relação aos números registrados no mesmo período de 2015. A única exceção a essa regra é a região da Grã-Bretanha, onde a plataforma aumentou sua participação em 1,1% e passou a deter 8,6% do mercado.

A pesquisa da Kantar mostra que o Windows Phone também aumentou sua presença no Japão, país que recebeu recentemente diversos lançamentos baseados no Windows 10 Mobile. O resultado, negativo para a Microsoft como um todo, pode ser atribuído à falta de novos aparelhos e ao baixo impacto causado pelos modelos Lumia 950, 950 Xl e 550.

A não ser que as parcerias da companhia comecem a investir em dispositivos próprios — algo improvável —, a tendência é que a plataforma continue a perder espaço no mercado europeu. Vale notar que o relatório só leva em consideração vendas para consumidores comuns e deixa de lado o espaço empresarial, no qual a Microsoft sempre teve uma presença importante.

Você acredita que o Windows 10 Mobile ainda tem futuro? Comente no Fórum do TecMundo