Se você leu a nossa matéria especial sobre inclusão digital e projetos de incentivo ao uso de novas tecnologias, é bem provável que tenha ficado surpreso com a efetividade do programa WiFi Livre SP, uma iniciativa da Prefeitura de São Paulo que busca oferecer pontos de internet gratuita para a população paulistana. Ao todo, já são 120 praças equipadas com sinal wireless de pelo menos 512 Kbps efetivos.

Mas não se engane: nós experimentamos o ponto instalado no CEU Professora Arlete Persoli, em Heliópolis, e ficamos impressionados ao perceber que a velocidade entregue é muito superior ao mínimo divulgado. Nos testes efetuados em um smartphone, o sinal proporcionou uma taxa de 16 Mbps para download e 9 Mbps para upload. Isso é mais do que o suficiente para trocar emails, usar redes sociais, baixar arquivos e até mesmo fazer streaming de música.

Clique na imagem para acessar o mapa interativo em uma nova guia

O TecMundo mapeou os 120 pontos de WiFi grátis instalados pela Prefeitura de São Paulo, e você pode conhecê-los através de um mapa interativo no Google Maps. Perceba que cada hotspot possui uma capacidade máxima de usuários simultâneos, e é possível que a qualidade da conexão caia caso esse número seja ultrapassado. Enfim, lembre-se também de adotar algumas medidas básicas na hora de se conectar a um ponto de WiFi público – o ideal, por exemplo é usar algum software de VPN para evitar ataques de cibercriminosos. Clique aqui para acessar o mapa e divirta-se!

Você usa o WiFi grátis da Prefeitura de SP? Comente no Fórum do TecMundo