O que é Crash?

Mais cedo ou mais tarde, seu computador vai travar. Saiba mais sobre esta situação!
  • Visualizações9.654 visualizações
Por Equipe Baixaki em 8 de Dezembro de 2008

O mundo da informática é repleto de palavras específicas, neologismos produzidos para traduzir diretamente termos sem uma tradução realmente adequada. Desde deletar até fazer um download, os usuários têm que se adaptar a um jargão cada vez mais difundido. Uma das adições a esta nova gramática é o termo “crash”, que já foi rapidamente adaptado para um verbo, inclusive: “crashar”.

O funcionamento de um programa de computador, sobretudo quando este está em versão de testes, é bastante sensível, e qualquer simples perturbação funcional pode ter conseqüências desastrosas, como um travamento total da máquina. Problemas do tipo incluem desde sobrecargas de hardware, principalmente da memória RAM, até a criação de loops infinitos indesejáveis por algum procedimento inesperado de software.

Onde está o problema?

Dizer que um programa travou ou crashou pode significar várias coisas. Existem diversos tipos de falhas operacionais, desde um simples bug no software sendo executado até problemas de hardware. Geralmente, quando um programa está com defeito, o crash não é tão grave, e pode ser solucionado através de alt+tab, alt+f4 ou, na pior das hipóteses, a tecla de “hibernação” no teclado pode ser útil, pois sobrepuja algumas prioridades do sistema. Ao “acordar” o computador, o usuário geralmente tem a possibilidade de fechar o programa travado.

A infame "tela azul da morte"O problema verdadeiro acontece quando um crash é causado por falha de hardware. Neste caso, a complicação vem dos motivos em potencial pelos quais o computador falhou, pois pode estar havendo um problema tão grave com uma determinada placa que a única solução, em alguns casos, é trocar partes do sistema. Geralmente, falhas de hardware são mais óbvias e vêm acompanhadas de “sintomas” mais graves, como aquecimento excessivo, barulhos ou distorções nas imagens exibidas na tela.

Quando um computador “crasha” por causa de hardware, a melhor opção é consultar um técnico especializado. Falhas de software são relativamente comuns e um patch oficial, produzido pelos respectivos desenvolvedores, normalmente conserta os problemas. Basta que o usuário tenha consciência da natureza de seu problema, e então procure uma solução adequada.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!