O último fim de semana foi marcado de polêmicas no mundo competitivo de DotA 2. Em meio à realização do torneio Shanghai Major, Gabe Newell despediu o comentarista James 2 “2GD” Harding assim como a equipe responsável pela transmissão das partidas — algo que foi confirmado pelo chefe da Valve em mensagens nada elogiosas publicadas no Reddit.

“Duas coisas:

1) James. Tivemos problemas com ele em eventos prévios. Algumas pessoas da Valve fizeram lobby para trazê-lo de volta para Shanghai, sentindo que ele merecia uma nova chance. Isso foi um erro. James é um babaca e não vamos trabalhar com ele de novo.

2) Já que estamos despedindo pessoas, também estamos demitindo a equipe de produção com a qual estamos trabalhando no Shaghai Major. Eles vão ser substituídos e esperamos superar isso antes do evento principal”, escreveu Newell.

O Shanghai Major é um dos quatro grandes torneios de DotA 2 que a Valve promove atualmente e promete distribuir prêmios de US$ 3 milhões (R$ 12 milhões) entre os 16 times participantes. Apesar de os prêmios oferecidos pela empresa cresceram constantemente, seu nível de qualidade de transmissão e profissionalismo ainda deixa a dever um pouco.

2GD era responsável por manter a audiência entretida nos momentos de intervalo entre as partidas, chegando a fazer comentários com palavras que podem ser consideradas um tanto inadequadas. Entre elas está uma brincadeira envolvendo masturbação que claramente não agradou a Gabe Newell, que decidiu usar seus poderes para despedir o apresentador.

A versão de 2GD

Em resposta à sua demissão, Harding publicou um longo texto em que expõe sua relação com a Valve e os motivos pelos quais ele acredita ter perdido sua posição mais por motivos pessoais do que por sua capacidade profissional. Ele afirma ter “manchado sua imagem” por ser vocal em reclamações relacionadas à compensação financeira que comentaristas deveriam receber e por ter entrado em conflito com um dos produtores sênior da empresa.

Harding afirma ter insultado o funcionário durante o The International 4, o que gerou um mal estar constante que finalmente explodiu no último fim de semana. No entanto, ele afirma que, ao ser despedido, todas as reclamações expostas foram relacionadas a seu desempenho profissional considerado “desrespeitoso” a alguns jogadores.

2GD afirma acreditar que a Valve sabia com quem estava trabalhando ao contratá-lo para transmitir o evento e que ele tinha que corresponder aos anseios de sua base de fãs. Segundo ele, a empresa tem uma visão mais tradicional de como uma transmissão deve ocorrer, enquanto ele diz preferir oferecer uma visão mais próxima ao que é exigido pelo contexto dos eSports.

“Então, se eu estou errado, Gabe, e você me despediu só porque eu não sou de seu gosto como um anfitrião, isso é horrível e você errou feio. E agora parece que eu estou pagando por isso de alguma maneira. Eu não sei. É algo difícil de processar”, afirmou Harding em seu texto publicado no Google Drive.

E você, em qual lado da história acredita? Comente no Fórum do TecMundo