Mesmo que nos últimos meses a Microsoft tenha reforçado a presença de seus principais jogos no PC, a experiência oferecida pelo Windows 10 — e pela Windows Store — ainda deixa a dever em muitos sentidos. Entre os problemas enfrentados pelos jogadores está a falta de suporte a mods, a baixa compatibilidade das tecnologias SLI e Crossfire e o mau funcionamento de recursos como o VSync.

Ciente da má impressão que isso está causando, Phil Spencer, chefe da divisão Xbox, afirmou que a companhia já está trabalhando em soluções para alguns desses problemas. “Sabemos que listas como essa incluem recursos que os jogadores querem de nós, apreciamos a resposta e temos planos para melhorar”, afirmou ele no Twitter em resposta a um consumidor que enviou um artigo do site How To Geek contendo críticas à Windows Store.

Outro funcionário da companhia que falou sobre o assunto foi o diretor de tecnologia Mike Barra, que garantiu que os sistemas SLI e Crossfire vão funcionar corretamente em jogos que já possuem suporte nativo a essas soluções. No entanto, ele deixou claro que o problema com a tecnologia Vsync realmente existe e que a empresa está trabalhando em formas de deixar que os consumidores joguem sem o limite de 60 quadros por segundo.

O mais provável é que a Microsoft apresente soluções e planos futuros durante a Game Developers Conference, na qual a organização possui uma sessão chamada “O Futuro do Desenvolvimento de Games Xbox para o Windows” e outra conhecida como “O Sucesso do Desenvolvimento de Jogos e Oportunidades de Games no Windows” — ambas indícios de que o compromisso com os jogos do Windows 10 é verdadeiro.

O que você pensa sobre a experiência de jogo oferecida pelo Windows 10? Comente no Fórum do TecMundo