Se você está de olho nas notícias referentes ao mercado de games, provavelmente deve se lembrar que, em outubro do ano passado, a Vivendi garantiu algumas ações da Ubisoft. Porém, a produtora quer se prevenir de uma possível aquisição por parte da outra empresa, e por conta disso está realizando reuniões com empresas em Montreal e em Toronto para levantar fundos. 

“Queremos aumentar o nosso número de investidores canadenses para ter melhor controle sobre o capital. Acreditamos que essa é a melhor defesa”, explicou Yves Guillemot, diretor-executivo da Ubisoft, em entrevista ao site The Globe and Mail. 

Tal movimento da Ubisoft aparentemente é uma resposta a um comunicado feito pela Vivendi ao site Deadline, no qual houve a menção de que a empresa está tentando adquirir a Gameloft. Mais que isso, o banco de investimento Bryan, Garnier & Co. revelou ao The Globe and Mail que a manobra é parte de algo maior “para forçar conversas com a família Guillemot e tentar tomar o controle da Ubisoft”. 

Outro detalhe mencionado pelo The Globe and Mail é que há diversos empregos em jogo nessa ação (mais de três mil, espalhados por Montreal, Quebec, Toronto e Halifax), bem como centenas de milhões em capital investidos desde que o primeiro estúdio da Ubisoft foi inaugurado em 1997. Com isso, as maiores perdas ficariam para Quebec, já que a produtora representa o pilar da sua indústria multimídia.

Você acredita que a Vivendi possa vir a se tornar a sócia majoritária da Ubisoft? Comente no Fórum do TecMundo