O que é Mashup?

Separar tudo nunca foi uma boa ideia e os mashups estão aí para comprovar
  • Visualizações39.525 visualizações
Por Camila Camargo em 21 de Janeiro de 2009

Você já reparou que separar coisas nem sempre é uma boa idéia? Foi assim no Apartheid, com as Coreias, a Alemanha e isso também acontece com a Internet. De fato, a rede deu um boom nesta última década, pois muitas novidades que há uns dez anos atrás nem imaginávamos que iriam existir, hoje fazem parte de nossas vidas com tanta naturalidade que nem percebemos o quanto são úteis.

Só para citar algumas coisas que fazem parte do nosso cotidiano e muitas vezes nem percebemos estão os mecanismos de busca, as compras online, notícias em tempo real, vídeos e músicas na velocidade da luz e, claro, os Mashups. Este termo é comum no vocabulário da informática e agora também está em todas as bocas como o playlist, buffer, download, mp3, email, blog... A lista é extensa, mas, sem dúvida você sabe o que significa vários destes termos.

Junto é mais gosotoso.

O termo Mashup veio da música, mais especificamente da eletrônica e significa misturar. Na música eles são visíveis em mixagens feitas por DJs que a partir de uma música e sua melodia, obtém-se outra a partir de suas batidas. Veja abaixo um exemplo de Mashup na música.

Voltando para a informática, Mashup se resume a diferentes serviços que podem funcionar simultaneamente. Lembra que Mashup significa misturar? Então, em poucas palavras quer dizer: a combinação de dois aplicativos que podem complementar e melhorar a oferta de determinado serviço. Você já deve ter visto sites de notícias com conteúdo do YouTube ou sites de compartilhamento de imagens com conteúdo do Google Maps. Se sua resposta foi sim, você está usando Mashups mesmo sem saber.

O Google Maps é um ótimo exemplo de Mashup, pois nele é possível ter o conteúdo do site, mas com incrementos do Flickr, Wikipedia, YouTube ou um serviço de anúncios, por exemplo, e agregar em um só lugar. Veja no vídeo a seguir como o Google Maps é o rei dos Mashups.

Na onda

Os Mashups fazem parte do novo conceito da Internet, chamado Web 2.0, o qual define que a rede sofreu mudanças e estas mudanças estão contribuindo para o avanço das novas tendências na navegação. Dentre estas novas tendências estão a maior interação entre os usuários e as páginas Web, aplicativos nas nuvens e, segundo alguns especialistas, este é o ápice da customização, pois o usuário ajusta a Internet de acordo com suas preferências.

De olho neles

Grandes empresas como o Google, Yahoo! e Microsoft estão de olho no crescimento e, claro, no sucesso que os Mashups estão fazendo. Desta maneira, os três titãs do Mundo da informática disponibilizam aplicativos para a criação de Mashups voltados aos iniciantes. Três titãs!

Quer criar o seu?

Interessados em fazer parte do mundo dos Mashups podem contar com o Popfly da Microsoft, o Pipes da Yahoo! ou Google Mashup Editor, todos gratuitos. Desta forma, é possível entrar neste mundo de novidades e ligar ainda mais o liquidificador de idéias que a Internet se tornou.

 



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!