Questão respondida

Jesy > Descolado

Como descobrir se o Watts da da minha fonte é Real?

0 em 17/12/2009 às 17:01h

Questão respondida

Respostas

Mostrando de 1 a 9 de 9 respostas encontradas (0.059 segundos)

Melhor Resposta

6Lucas_TERMNATOR em 18/12/2009 às 00:52h

Cara, pode testar que funciona, é um excelente artigo, recomendo fazer o mesmo que eu fiz, ou seja, salvá-lo em um documento de Word, pois é muito útil !!!


"Como sabemos, os computadores estão consumindo cada vez mais energia e por isso, a escolha de uma fonte de alimentação passou a ser crucial principalmente para quem, assim como eu, adora fazer overclock. Felizmente, existem várias fontes de qualidade: OCZ, Thermaltake, Cooler Master, Seventeam.

As fontes são classificadas de acordo com a sua potência (ex: 250W, 300W, 350W, etc). Mas atenção: nos modelos mais simples, a potência real não é a que está rotulada na fonte. Por exemplo: você pode comprar uma fonte rotulada como 400W, que na realidade não chega a ser nem de 350W. Em bom português, a maioria dos fabricantes de fontes de alimentação “maquia” o valor da potência de seus produtos.

Se você pesquisar, verá que o preço das fontes de marca é muito maior do que o de fontes “comuns”, de mesma potência. A principal razão é que essas fontes mais caras usam em sua classificação a sua “potência real” e não a “nominal”. Quando o fabricante desssas fontes de marca, informam que ela é de 350W, ela pode realmente ter essa potência.

Para sabermos qual é a potência real de uma fonte, basta fazermos alguns cálculos usando os números presentes na etiqueta.

Toda fonte de alimentação possui seis saídas: +3,3V, +5V, +12V, -5V, -12V e +5VSB (também chamado standby). Uma etiqueta descreve a corrente que cada uma dessas saídas é capaz de fornecer. A corrente é dada em uma unidade chamada Ampère (A). Para saber a potência de cada uma dessas saídas, basta multiplicar a tensão (volts) pela corrente (em ampères). Nas tensões negativas, não consideramos o sinal de menos.

Vamos tomar como exemplo uma fonte barata que é rotulada como sendo de 400W. As suas saídas fornecem as seguintes correntes: 15A (+3,3V), 29A (+5V), 11,5A (+12V), 0,5A (-5V), 0,5A (-12V) e 1,5A (+5VSB). Temos então as seguintes potências: 49,5W (+3,3V x 15A), 145W (+5V x 29A), 138W (+12V x 11,5A), 2,5W (-5V x 0,5A), 6W (+12V x 0,5A) e 7,5W (+5VSB x 1,5A).

Para obtermos a potência total da fonte, não podemos simplesmente somar todas as potências individuais, porque as fontes de alimentação para PC´s usam um conceito chamado potência combinada. Aliás, somar todas as potências individuais é uma das formas de se maquiar a potência total da fonte.

Assim, para as saídas de +3,3V e +5V você deve considerar só o valor da maior potência. No nosso caso, por exemplo, devemos considerar 145W da saída de +5V e ignorar o valor de 49,5W da saída de +3,3V. Na prática, isso significa somar o valor de todas as potências individuais, ignorando o valor da potência de saída de +3,3V.

Aplicando esta regra, temos que a nossa fonte de alimentação é de 299W (145W + 138W + 2,5W + 6W + 7,5W) e não 400W como está rotulada!

Em sua defesa, os fabricantes afirmam que rotulam suas fontes com a potência "de pico" que elas suportam. Mas na minha opinião, isso é apenas uma forma de tentar enrolar o consumidor".

Fonte: http://www.forumpcs.com.br/viewtopic.php?t=103699 Fonte de pesquisa: Jornal O Dia Tópico original: http://www.doompc.com/forum/viewtopic.php?t=361

Luiz EduardoDescolado
1Luiz Eduardo em 17/12/2009 às 17:11h

Abra o pc e vja na etiqueta da fonte se esta escrita a potencia maxima...se não tiver vc tem q fazer uns calculois com base no que esta escrito na etiqueta da fointe... procura no google

1Paulo Antoniucci em 17/12/2009 às 17:19h

Fonte genericas não vem especificado os watts reais na embalagem. É necessario medir a quantidade de energia que ela suporta atraves de um aparelho do qual não lembro o nome.

0Antonio Pereira em 17/12/2009 às 17:20h

Olá Jesy

Neste artigo vc pode saber o valor real:
http://guia.mercadolivre.com.br/calculando-potncia-real-fonte-49995-VGP

Boa sorte.

0francis silva em 17/12/2009 às 17:32h

so olha na etiqueta colada na fonte que esta marcado a petencia da fonte mas tem fonte que marca 500 watts mas nao da 500w se for fonte muito barata fique esperto ate.

0Gabriel Lourenço em 17/12/2009 às 17:35h

Sei que acho que vou ganhar pontos negativos, mas na caixa naum tem informando naum? Mais se vc quiser saber se tem 1 watts a + ou a - siga o conselho de outros amigos ^^

RenasoftEspecialista
0Renasoft em 17/12/2009 às 20:35h

Na verdade a maioria das fontes não marca a vatagem real. Existe um cálculo, mas vc tem que ter um equipamento para fazer medição.
De qualquer forma, existe uma forma bastante simples para verificar o
consumo real do seu PC: Se você tem um multímetro com alicate amperométrico (é
uma "pinça" que mede a corrente que passa por uma linha AC).
Para utilizá-lo, separe os dois fios de energia (se vc colocar a "pinça"
nos dois ele não mede, pois um fluxo de enregia anula o outro, e a corrente
nao eh medida). E coloque-o. Ele indicará a corrente real que passa pelo cabo.
Digamos que dê 0,9A. Coloque agora no modo multímetro e veja a voltagem
(digamos que tenha sido 125V).

Use a fórmula: P=U.i
Para calcular a watagem .

P = 125V . 0,9A
P = 112,5W

Nota: Os valores que usei são meramente exemplos.

ShimithCidadão
0Shimith em 17/12/2009 às 22:50h

Na verdade nao ha como saber com certeza.
A fonte de um PC é chaveada, ou seja, é através de um sinal com a forma quase quadrada que passa por um transformador que possui uma entrada e varias saidas e cada saida possui uma tensao diferente.
Esta fonte chaveada le estas saidas e de acordo com o consumo exigido nelas, pode aumentar ou diminuir sua potencia.
A potencia real da fonte de um PC pode ser a soma de todas as potencias das diferentes saidas ou de uma em especifico. Vai depender do fabricante e o método utilizado para aferir esta potencia.
O mais comum é colocar uma carga (resistor) em cada uma das saidas e aumentar o consumo até que a fonte desarme. Mas lembre-se que isto pode danificar a fonte se ela nao for de boa qualidade.

jose2007Cidadão
0jose2007 em 17/12/2009 às 23:27h

Não concordo com os cálculos feitos neste endereço (http://guia.mercadolivre.com.br/calculando-potncia-real-fonte-49995-VGP). Vejamos aqui um caso real de um modelo de fonte de 600 Watts reais (da C3 Teck, https://www.kabum.com.br/cgi-local/kabum3/produtos/descricao.cgi?id=01:01:15:33:110): Informações Técnicas: - Potência Combinada Operacional (CNTP): 500W - Potência Combinada Máxima (CNTP): 600W - Faixa de Temperatura Operacional: 0 °C a 50 °C - Saída 3.3V: 30A..........................................................................199,0 W - Saída 5V: 28A.............................................................................140,0 W - Saída 12V V1: 20A......................................................................240,0 W - Saída 12V V2: 20A...................................................................... ............ - Saída - 12V: 0,3A............................................................................3,6 W - Saída 5V VSB: 2A.........................................................................10,0 W Total real........................................................................................589,6 W Considerando que ocorrerá (isto na realidade ocorre) variações nas principais linhas de voltagens (+3,3v, +5v, e +12v) de "2%", teremos um acréscimo aproximado de 11 W (199,0 W + 3,98W; 140W + 2,8W; 240W +4,8W=11,58W), portanto, 589,6 + 11,58=601,19W de "Potência Combinada Máxima (CNTP - Condições Normais de Temperatura e Pressão, http://pt.wikipedia.org/wiki/Condi%C3%A7%C3%B5es_Normais_de_Temperatura_e_Press%C3%A3o).

Tira-Dúvidas beta