TIM lança TIM Fiber e acelera sua oferta de banda larga em todo país

Plano de negócios revela conexão de internet móvel de até 42 megabits.
  • Visualizações21.033 visualizações
Por Eduardo Medeiros Schutt em 5 de Dezembro de 2011

TIM lança TIM Fiber e acelera sua oferta de banda larga em todo país

A TIM Fiber (ex-AES Atimus) apresenta hoje seu plano de negócios para os próximos anos, em reunião com analistas e investidores brasileiros e estrangeiros. O ativo conta com a maior e mais moderna rede de fibra em 21 cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro, que representam 27% do PIB nacional e somam R$ 30 bilhões do mercado total de telecom no Brasil.

Para a banda móvel, a conexão das antenas a essa fibra proporcionará aos clientes TIM uma banda larga móvel superior a 21 Mbps, partindo de São Paulo e do Rio. A conexão à ultra banda larga móvel também chegará a maior parte das cidades brasileiras a uma velocidade de 42 Mbps graças ao desenvolvimento de infraestrutura e a troca de capacidade com outras operadoras de telecom, utilizando as redes da Intelig e da TIM Fiber.

No mercado residencial, a TIM oferecerá acesso à internet de até 100 Mbps, 50 vezes mais rápido que a média da concorrência. A meta é atingir mais de 1 milhão de clientes em cinco anos, apenas em São Paulo e no Rio de Janeiro. As projeções se sustentam no grande potencial do mercado de banda larga, que tem crescimento estimado em 50% nos próximos três anos, mesmo considerando a carência de ofertas de altíssima velocidade. De fato, o desenvolvimento deste segmento tem as operadoras alternativas como principais atores, apresentando desempenho superior ao das concessionárias. No primeiro semestre deste ano, as alternativas foram responsáveis por 64% das novas assinaturas do serviço. Atualmente, o país tem 43 milhões de linhas fixas instaladas, sendo que apenas 21% têm banda larga. Do total de assinaturas do serviço, 60% são providas pelas concessionárias, das quais 80% possuem velocidade de acesso com menos de 2 Mbps. 

A empresa aposta nos seus 5,5 mil quilômetros de rede de fibra óptica distribuídos nas regiões metropolitanas mais ricas do país como diferencial: “a TIM Fiber é um ativo único, em termos de capacidade, capilaridade e tecnologia 100% fibra óptica. Permite oferecer velocidade máxima tanto no mundo móvel quanto no fixo, onde a banda larga chegará até a 100 Mbps no mercado residencial e a 1 Gbps no mercado corporativo. Através da TIM Fiber, vamos oferecer o que há de mais avançado em banda larga na América Latina. As perspectivas são muito boas”, afirma Luca Luciani, presidente da TIM Brasil.

A TIM Participações concluiu o processo de aquisição da AES Atimus, que passou a ser denominada TIM Fiber, em outubro de 2011, por R$ 1,5 bilhão, numa das disputas mais acirradas por ativos de infraestrutura de rede do mercado de telecom brasileiro dos últimos tempos.

A TIM Fiber caracteriza mais um passo no desenvolvimento da infraestrutura de rede da TIM Brasil, operadora móvel que mais cresce no país e que reconquistou este ano a vice-liderança do mercado. Hoje, segundo dados da Anatel, a TIM possui participação de 26% e encerrará o ano com mais de 60 milhões de clientes, frente a 50 milhões em 2010. Com seus planos Infinity e Liberty, inovou no mercado de voz e, em seguida, no de dados, oferecendo tarifação única por chamada e uso ilimitado por mês, respectivamente.

Este crescimento vem sendo acompanhando pela evolução dos principais indicadores da empresa. No terceiro trimestre de 2011, o lucro líquido da empresa mais que dobrou e alcançou R$ 317 milhões, alta de 116% em relação a igual período do ano passado. A receita líquida total ficou em R$ 4,4 bilhões, crescimento de 19% sobre o mesmo período de 2010. A receita bruta de voz encerrou o trimestre em R$ 3,4 bilhões, alta de 21,1%, com destaque para a aceleração dos serviços de dados, em crescimento de 47,6% ano a ano, que somou R$ 834 milhões, confirmando mais uma vez o sucesso dos planos Infinity e Liberty Web. O número de usuários únicos diários ultrapassou 2,2 milhões, impulsionado pelo crescimento de usuários de smartphones ewebphones na base de clientes.

Para fazer frente ao seu crescimento, adquiriu em 2009 a Intelig, com um backbone de mais de 15 mil quilômetros de fibra óptica. Além de aquisições, faz investimentos consistentes no desenvolvimento orgânico da rede. Este ano, fechou o acordo para a construção de 1,8 mil km no Norte do país com a LT Amazonas.  Entre 2011 e 2013 os investimentos em infraestrutura serão da ordem de R$ 7,5 bilhões e, ao fim desse triênio, terá dobrado a sua rede de fibra óptica em relação ao início do ano. Graças aos investimentos, a TIM cresce mantendo a qualidade. Em 12 dos últimos 14 meses, alcançou 100% das metas de qualidade de rede da Anatel.

“A compra da melhor rede de fibra óptica de São Paulo e Rio permitirá a interligação das antenas da TIM com fibra, criando uma moderna rede de celular, e o atendimento a clientes residenciais e corporativos com melhor qualidade e velocidade. É a TIM inovando de novo”, conclui Luca Luciani.

Via Assessoria de Imprensa.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!