Intel revela duas tecnologias que podem ampliar o poder de conexão via ondas de rádio

Componentes baseados em transceivers Wi-Fi podem transmitir conteúdos pesados, como vídeos, entre dois computadores com extrema facilidade.
  • Visualizações19.090 visualizações
Por Fernando Daquino em 15 de Setembro de 2012

Intel revela duas tecnologias que podem ampliar o poder de conexão via ondas de rádioChip com arquitetura de 32 nm inserido no dispositivo de teste exibido na IDF. (Fonte da imagem: Reprodução/Ars Technica)

Durante o Intel Developer Forum (IDF), evento realizado em São Francisco, Justin Rattner, diretor de tecnologia da Intel, revelou algumas tecnologias que a empresa tem preparado para ultrapassar os limites de tamanho e poder dos meios de integração via ondas de rádio que estabelecemos entres computadores e outros dispositivos.

Segundo o site Ars Technica, a primeira delas é o que a Intel tem chamado de “Lei de Moore para Rádio”, a qual consiste em um transceiver Wi-Fi baseado em um chip com arquitetura de 32 nanômetros – a mesma escala usada pelos processadores mais usados atualmente. O segundo sistema que está sendo desenvolvido integra dois núcleos das CPUs Atom com um transceiver Wi-Fi sem fio e foi batizado de Rosepoint.

Com isso, seria possível transmitir conteúdos pesados entre dois dispositivos com um desempenho surpreendente. Por exemplo, durante o evento para desenvolvedores, utilizando dois aparelhos de teste construídos com tais componentes, Yorgos Palaskas reproduziu um vídeo de um computador para outro.

Embora estejam sendo desenvolvidas há quase uma década, ambas as tecnologias ainda estão em fases primárias de desenvolvimento e devem demorar para aparecerem em gadgets comercializáveis. Os candidatos mais prováveis para receberem tais tecnologias são smartphones e tablets.

Fonte: Ars Technica



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!