Depois de muito procurar, parece que a Apple encontrou seu principal fornecedor de telas OLED, que devem pintar nas próximas gerações de iPhone. Deixando para trás a LG, a Japan Display e a AUO, a Samsung teria ganhado sinal verde da empresa de Cupertino para fabricar os visores dos próximos smartphones da marca americana.

De acordo com o que noticiou o site sul-coreano ET News, a Samsung deve aumentar sua produção de telas OLED para um valor entre 30 mil e 45 mil painéis por mês e, para isso, deve fazer um investimento em infraestrutura que chega aos US$ 7,5 bilhões, praticamente R$ 30 bilhões.

Atualizando a tecnologia

O valor altíssimo do empreendimento indica que a Apple deve realizar a mudança de telas LCD para OLED, conforme alguns rumores apontavam, em seus aparelhos celulares. Apesar disso, fontes confiáveis afirmaram que a troca ainda não deve acontecer no iPhone 7, mas sim no iPhone 8, no ano de 2018. Apple pretende também manter as empresas Japan Display e AUO como fornecedores alternativos, caso algum contratempo aconteça.

Empregadas apenas no Apple Watch pela Apple até então, as telas OLED são mais finas, apresentam cores mais vívidas e pretos mais profundos do que os visores em LCD. Foi relatado que a Apple estaria trabalhando no desenvolvimento de telas mais finas para seus dispositivos em um laboratório e Taiwan. Isso pode indicar a opção pelo OLED flexível e pela tecnologia Micro-LED, que devem estar disponíveis em aparelhos da marca em um futuro próximo.

Você acha que a Apple deve adotar as telas de OLED em seus iPhones? Comente no Fórum do TecMundo