O overclocking é a arte de trabalhar com o computador acima das especificações de fábrica. Tal artimanha é usada por milhares de pessoas ao redor do globo para extrair mais poder do computador.

A comunidade de overclocking é muito competitiva, tanto que há vários campeonatos para colocar os amantes dessa arte frente a frente.  Acontece que muitas competições desse tipo são bem complexas e restritas a poucos usuários, o que desestimula a participação de iniciantes.

Pensando nisso, o TecLab promove neste ano o OC Crazy 2016, um campeonato “maluco” que  vem para colocar usuários menos experientes a tentarem uma vaga nas finais. A maluquice maior do campeonato são as regras, que não impõem limites nas configurações e metodologias.

Qualquer usuário com qualquer máquina (isso significa que vale desde os mais fracos até os mais potentes, de todas as marcas e modelos, com todos os tipos de peças) pode experimentar o overclocking e tentar conquistar um dos muitos prêmios, que são reservados para os 10 primeiros colocados. Confira os produtos que o TecLab preparou para o OC Crazy 2016:

  • 1º lugar - Placa de vídeo Galax GTX 970 + Mousepad Galax
  • 2º lugar - Fonte Corsair AX860i + Mousepad Galax
  • 3º lugar - Placa de vídeo Galax GTX 960 2GB + Mousepad Galax
  • 4º lugar - Memória Vengeance Pro 16GB 2133 Mhz + Mousepad Galax
  • 5º lugar - Hidro Cooler Corsair H105 + Mousepad Galax
  • 6º lugar - Headset Corsair H1500 + Mousepad Galax
  • 7º lugar - Hidro Cooler Corsair H75 + Mousepad Galax
  • 8º lugar - Mouse Corsair Sabre Laser + Mousepad Galax
  • 9º lugar - Teclado Corsair K30 + Mousepad Galax
  • 10º lugar - Headset Corsair 1400 + Mousepad Galax

Não é a primeira vez que eles inovam no mercado de hardware. A equipe do TecLab foi a primeira a mostrar o Overclocking Extremo nos games, fazer comparativos ao vivo, ensinar modificações e agora, colocar em prática uma competição diferente de tudo que você já viu.

Como funciona?

Bom, conforme já foi dito acima, você pode usar qualquer máquina e qualquer técnica no seu overclocking, sendo que esse vai ser o principal fator de avaliação. Todos os participantes devem rodar pelo menos um benchmark 3D (que pode ser o 3Dmark 03 ou o Catzilla 720P) e um 2D (Spi 1M 1.5 ou Cinebench R11.5).

Depois, basta enviar um vídeo de até 60 segundos para o YouTube, mostrando o que você quiser para provar seu intento. É importante dar detalhes de como foram os procedimentos, para reforçar o que você pretende transmitir. Veja mais detalhes:

  • Somente 1 vídeo com 1 benchmark por usuário será válido, mas você pode mandar quantos quiser, ir aperfeiçoando e depois escolher o melhor;
  • Vídeos e/ou descrições com pedidos especiais e/ou histórias tristes serão imediatamente desclassificados;
  • Vídeos com mais de 60 segundos serão desclassificados;
  • Para receber o prêmio, serão exigidas do usuário provas da propriedade do vídeo, bem como informações pessoais para envio (nome, RG, CPF, endereço completo, telefone).

É obrigatório seguir essas regrinhas e conferir outras informações no tópico oficial no Facebook. O TecLab noticiou que as informações sobre a final serão postadas em um tópico específico assim que tudo estiver definido. Acompanhe também o canal do TecLab no YouTube e a fanpage no Facebook.