Quanto realmente custa um Galaxy Tab no Brasil?

Saiba quanto você vai pagar para ter o Galaxy Tab ao final de um ano de contrato com as operadoras.
  • Visualizações42.257 visualizações
Por Renan Hamann em 19 de Novembro de 2010

Após muita espera e uma dúzia de possíveis configurações que seriam aplicadas na estrutura do Galaxy Tab, o slate da Samsung finalmente desembarcou em terras brasileiras. Sendo vendido por preços que variam entre 599 e 2700 reais, o aparelho é o primeiro grande concorrente do iPad a ser lançado por aqui (antes mesmo do produto da Apple aparecer oficialmente).

Mas você sabe quanto realmente custa um Galaxy Tab no Brasil? A pergunta é feita porque muitos se esquecem de avaliar o quanto cada plano reflete nos descontos oferecidos pelas operadoras na hora da compra. Por isso, o Baixaki preparou um artigo com a realidade que há por trás das promoções com descontos no preço do aparelho.

Tablet da Samsung

Divulgação/Samsung

Os preços do Galaxy Tab e dos planos listados neste artigo foram conseguidos com as assessorias de imprensa das operadoras, sendo, portanto, de responsabilidade delas. Vale lembrar que pode haver pequenas variações nos valores, pois aqui eles estão cotados de acordo com o mercado de São Paulo.

Aqui estão os preços conseguidos com as seguintes empresas de telefonia: Vivo, Claro e TIM. Segundo a assessoria da Oi, a operadora vai disponibilizar, nos próximos dias, o Samsung  Galaxy Tab em algumas franquias selecionadas.

A fórmula de avaliação

Para compor os preços finais dos aparelhos, a fórmula utilizada pelo Baixaki foi: preço do aparelho à vista + preço de 12 mensalidades somadas. Essas mensalidades ainda podem ser divididas entre vários tipos de planos de dados e voz.

Afim de comparar os preços para facilitar a decisão dos usuários, foram utilizados apenas os valores do planos mais extremos de cada operadora. Caso queira, você poderá encontrar planos intermediários que podem se adequar melhor às suas necessidades e ao seu bolso em todas elas.

Qual você escolhe?

Como assim “voz”?

Pois é, esta notícia surpreendeu todos. O Galaxy Tab possui suporte para chamadas de voz, ou seja, é também um smartphone. Nos Estados Unidos este recurso foi bloqueado pelas operadoras, mas no Brasil não há restrições quanto ao uso. Para utilizar as chamadas por voz, é necessário que o consumidor possua também um fone Bluetooth.

As operadoras

TIM

A TIM é a única operadora a possuir um preço fixo para o Galaxy Tab, ou seja, a única que cobra o mesmo valor pelo aparelho, independente do plano escolhido. O que muda bastante é o valor de cada plano oferecido pela operadora. Custando 2.280 reais, com o pacote 3G ilimitado de R$ 59,90 mensais, o aparelho terá gerado um custo de 2.998 reais ao final de um ano.

Cada ligação realizada pelo aparelho, nesse caso, sai por 75 centavos se for para outro aparelho TIM, ou 95 centavos se for para outras operadoras. As ligações são cobradas ao final do mês, não havendo necessidade de pagar assinatura pelo plano.

Várias opções de planos

Divulgação/Samsung

Vivo

Custando 2.299 reais no modo pré-pago, o Galaxy Tab pode ter plano de dados assinado, independente do plano de voz. Já no modo Vivo Controle o aparelho custa 2.099 reais. Mas os valores mais baixos estão mesmo nas versões pós-pagas do tablet.

O valor mais baixo para o aparelho pode ser conseguido na Vivo: 599 reais. Um preço atrativo, mas o valor da mensalidade nesse caso é 711 reais (plano de voz completo + plano de dados de 8 GB). Ao se somar esses números, o aparelho terá custado ao final de 12 meses, um total de 9.141 reais.

Android é o sistema operacional

Divulgação/Samsung

Claro

Para as assinaturas pré-pagas, o Galaxy Tab custa 2.399 reais na Claro. Ao mesmo tempo, o aparelho sai por 1.799 no modo Claro Controle. Assim como acontece com a Vivo, é no modo pós-pago que o tablet passa a ser oferecido com preços mais acessíveis. A operadora oferece também o aparelho desbloqueado: 2700 reais.

O plano mais completo oferecido pela Claro é o Claro 1100 com pacote de dados de 1 GB. Nesse caso, o aparelho custa 649 reais e cada mensalidade custa a partir de 390 reais. Em média, ao final de um ano o aparelho custa 5.329 reais para os consumidores.

Segundo a assessoria de imprensa da empresa, “Os planos da Claro são completamente personalizáveis, portanto, não é possível estipular um valor exato para cada plano de dados listado”.

Touchscreen de qualidade

Divulgação/Samsung

Cuidados com os planos de dados

Antes de assinar qualquer pacote de dados, é necessário entender para que funções o aparelho será utilizado. Planos com poucos megabytes são mais baratos e recomendados para quem utiliza a internet 3G apenas para verificar emails, mas sem baixar anexos ou programas para o Android (sistema operacional utilizado).

Vale lembrar também que os 10 MB, 100 MB, 1 GB ou 8 GB (e todos os outros) não representam a velocidade que será oferecida para a conexão, mas sim o quanto de tráfego de dados poderá ser utilizado pelo aparelho. Geralmente, quando estes limites são atingidos, as operadoras cortam o sinal 3G e passam a liberar um sinal de qualidade mais baixa e lenta.

Muitas funcionalidades

Divulgação/Samsung

No momento da compra, converse com o vendedor para que ele lhe explique as velocidades oferecidas em cada plano de dados e também para saber o que acontece quando os limites são ultrapassados.

Contrato de fidelidade

Caso você não queira ficar preso a algum plano muito caro das operadoras, é importante exigir, no ato da compra, que não haja nenhum contrato de fidelidade. Estes contratos são responsáveis pela cobrança de multas muito caras que variam de acordo com o valor contratado.

O aparelho promete uma revolução

Divulgação/Samsung

Mas é importante saber que para que seja possível não ficar preso a um contrato desses, você precisa abrir mão dos descontos oferecidos pelas operadoras.

.....

O Baixaki espera que este artigo tenha sido importante para sanar todas as dúvidas que você tinha acerca deste tablet da Samsung que acaba de chegar ao Brasil. Se deseja realmente adquirir um deles, pegue papel e caneta, faça o orçamento do ano e boas compras!



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!