Primeiras impressões: Positivo Ypy 7

Testamos o tablet de 7 polegadas da Positivo durante o evento de lançamento. Confira tudo o que achamos do Ypy.
  • Visualizações39.326 visualizações
Por Renan Hamann em 20 de Setembro de 2011

O Tecmundo esteve na conferência de imprensa da Positivo e testou o novo tablet que a empresa brasileira está lançando. O aparelho deve chegar ao mercado na segunda quinzena de outubro, por preços que se iniciam nos 999 reais. Vamos às primeiras impressões que tivemos acerca do novo aparelho.

A principal preocupação de quem está conhecendo um novo tablet é referente ao touchscreen. Todos querem saber como é a resposta dos comandos na tela, pois  esse é um dos principais aspectos que farão com que o tablet seja um sucesso ou um fracasso.

Nesse ponto, o tablet Ypy é realmente satisfatório. Até mesmo o teclado virtual do aparelho responde com bastante precisão. Testamos o touchscreen também com reprodução de slides (fotografias) e jogos (Angry Birds), sendo que nos dois momentos o aparelho mostrou-se eficiente.

As modificações no sistema operacional Android também são interessantes. A Positivo Informática preparou o tablet Ypy para que ele fique com a cara do público brasileiro. Joguinhos, músicas e aplicativos para redes sociais fazem parte da configuração padrão do aparelho. Opções de personalização das áreas de trabalho e pastas também estão presentes no Ypy.

Como estamos falando de tablets, temos de pensar também na navegação. Felizmente, o Ypy aproveita o melhor do touchscreen para rápido acesso a informações dispostas nas páginas. E o hardware oferece também ótimos resultados para reprodução de conteúdo em Flash inserido nas páginas.

Assim como outros aparelhos Android, o Ypy já vem com uma saída HDMI nativa. Isso permite que o conteúdo dos tablets seja reproduzido em resoluções de até 1920 x 1080 pixels em televisores e monitores de alta definição.

Há também alguns pontos que não ganham tanto destaque. O peso do aparelho, por exemplo, deixa a desejar. São 420 gramas para a versão mais portátil e 700 gramas para a versão de 9,7 polegadas. Mesmo não sendo um incômodo, o peso do aparelho poderia ser menor.

Outro ponto negativo é a falta de informações relacionadas ao Ypy. Apesar da grande maioria das especificações já terem sido reveladas, ainda existem dúvidas relacionadas à memória e ao poder de processamento. Sabe-se apenas que o processador será ARM.

Falta também saber se o Ypy 7 vai chegar no mercado com o preço que foi anunciado. Se as informações se concretizarem e  ele chegar com preços a partir de 999 reais, certamente vai fazer sucesso durante as vendas de Natal, antes que o iPad 2 seja produzido no Brasil.

Em suma, para uma primeira (e rápida) análise, pode-se dizer que o Positivo Ypy 7 promete bons resultados para os consumidores. Em algumas semanas (quando o aparelho for lançado comercialmente) devemos publicar impressões mais detalhadas sobre o tablet.

Nota: durante o evento, apenas a versão de 7 polegadas pode ser testada. O Positivo Ypy 10 estava apenas em demonstração fechada, pois o sistema operacional ainda não foi completamente terminado.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!