Sem dar muitas explicações, os responsáveis pelo legado de Star Wars – a Disney e a Lucasfilm – anunciaram hoje, através do site oficial da franquia, que o próximo episódio da saga, a sequência do bem-sucedido “Star Wars: O Despertar da Força”, não será mais lançado em maio de 2017, como havia sido agendado, mas apenas no mês de dezembro desse mesmo ano.

Apesar da falta aparente de motivos, essa alteração – se não matar os fãs de ansiedade – pode ser bastante benéfica para a qualidade do filme e para os bolsos da Disney e da Lucasfilm. Inicialmente planejado para ser lançado em maio de 2015, “Star Wars: O Despertar da Força” também teve que ser atrasado para dar mais tempo ao diretor J. J. Abrams para trabalhar em sua obra.

Bom para o filme, bom para o bolso

Além de o resultado ter sido muito satisfatório entre o público e a crítica, o filme foi beneficiado pelo fato de a data do lançamento ter sido algumas semanas antes das festas de fim de ano. O resultado: “Star Wars: O Despertar da Força” quebrou praticamente todos os recordes de bilheteria da história do cinema. Simples assim.

Outro motivo seria possivelmente a data de lançamento muito próxima do primeiro spin-off da franquia, “Star Wars: Rogue One”, cujo dia de estreia não foi alterado: 16 de dezembro de 2016. É possível que os produtores tenham considerado que seria "Star Wars demais" em pouco tempo e que o Episódio VIII poderia se beneficiar com esse pequeno descanso entre as duas películas.

Qual é seu acessório favorito inspirado em Star Wars? Comente no Fórum do TecMundo