Enquanto muitos consumidores sonham em ter SSDs com meros 128 GB, a Fixstars decidiu apostar em um produto com uma capacidade muito superior: 13 TB. A novidade foi anunciada na última quinta-feira (14) junto a um novo modelo com 10 TB de armazenamento — cuja capacidade é igual às dos maiores HDs disponíveis atualmente para o mercado empresarial.

O anúncio pode se tratar da primeira vez que uma mídia baseada em memória flash supera o espaço oferecido por uma fabricante que aposta em discos rígidos convencionais. O tamanho dos novos SSDs surge com alguns comprometimentos de performance: a novidade favorece o oferecimento de uma performance consistente à oferta de grandes velocidades máximas de leitura.

A Fixstars não produz dispositivos para os consumidores comuns, tendo como principal foco a construção de equipamentos para sistemas de armazenamento massivos, distribuidores de conteúdos para streaming, produtores de computação gráfica e processamento de vídeo. Quem estiver interessado nas novidades vai ter que pagar US$ 19 mil por cada unidade de 13 TB, ou aproximadamente R$ 5,90 por cada GB disponível.

O novo SSD da Fixstars usa um controlador de disco especializado e a memória MLC NAND de 15 nanômetros produzida pela Toshiba. A velocidade sequencial de leitura é de 580 MB/s, enquanto a velocidade de escrita é de 530 MB/s. O consumo energético é de 3W em momentos de espera, quantia que sobre para um máximo de 6,5 W durante atividades mais exigentes.

Você pretende adquirir uma memória SSD no futuro? Comente no Fórum do TecMundo