O último volume de As Crônicas de Gelo e FogoA Dança dos Dragões, saiu em 2011 e, desde então, os leitores dos livros que dão origem à série da HBO Game of Thrones esperam ansiosamente pela sexta unidade impressa das histórias, The Winds of Winter, na esperança de ficarem à frente da série de televisão, que estreia sua sexta temporada em abril no mundo todo. No entanto, isso não vai acontecer e quem confirma a triste notícia (que muitos já esperavam) é o próprio autor George R. R. Martin.

“Vocês queriam um update. Aqui está o update. Vocês não vão gostar”, escreve o autor no começo de uma postagem extensa em seu blog pessoal sobre esse atraso na publicação do sexto livro da saga. “The Winds of Winter não está terminado”, confirma Martin.

“Acreditem, não tive nenhum prazer em digitar estas palavras. Vocês estão decepcionados e não estão sós. Meus editores estão decepcionados, a HBO está decepcionada, meus representantes, editoras estrangeiras e tradutores estão decepcionados... Mas ninguém poderia estar mais decepcionado do que eu”, desabafa o autor, revelando que gostaria de ter terminado 2015 dizendo que conseguiu acabar de escrever o livro.

Relatando que tem centenas de páginas já escritas, Martin confessa, no entanto, que não terminará a obra tão cedo, já que ainda há muito a escrever e que ele deve levar meses para terminá-la, entre capítulos que ainda tem que começar a redigir e outros que deve revisar e reescrever.

Deadlines estouradas

Ao falar sobre o medo que seus leitores estão tendo de ter spoilers do livro quando a sexta temporada de Game of Thrones estrear na TV em abril, Martin confessa que o plano inicial era evitar isso com Winds of Winter sendo lançado em março, antes do seriado retornar com novos episódios. Para isso, ele deveria ter terminado a obra até o fim do ano — o que terminou não acontecendo.

George R. R. Martin com seu prêmio Emmy 2015. Fonte da imagem: Getty Images

O autor justifica o atraso por conta dos dias em que teve dificuldades de escrever, das viagens e até das postagens no seu blog, além da distração de outros projetos e de sua idade (Martin tem atualmente 67 anos) — tudo tendo sua parcela de contribuição.

Vale lembrar que os livros das Crônicas de Gelo e Fogo têm tido a cada publicação um tempo maior de intervalo entre si: entre o quarto e o quinto livro foram seis anos.

“O livro não está pronto, não foi entregue. Nenhuma palavra pode mudar isso. Eu tentei, eu prometi a vocês. Eu falhei”, diz o autor, reiterando que, por conta do atraso dessa data de entrega, o livro não poderá sair antes da estreia da sexta temporada na TV. Martin ainda revela que todo o estresse de terminar o livro a tempo também ajudou a desacelerar o ritmo da sua escrita.

Apesar de todas as explicações ele reconhece: “Não darei desculpas. Não há desculpas. Ninguém [além de mim] pode ser considerado culpado. Nem meus editores, nem a HBO, nem David & Dan [produtores da série]. A culpa é minha. Eu tentei e ainda estou tentando”, diz o autor, acrescentando que recentemente trabalhou em um capítulo focado em Theon.

Martin também confessa que não pode dizer quando terminará de escrever o livro ou quando ele será publicado. “Não vou marcar uma nova data de entrega para tropeçar nela. Deadlines simplesmente me estressam”.

Spoilers do livro na série?

Fonte da imagem: Divulgação/HBO

Respondendo à grande pergunta dos fãs leitores, sobre se a série dará spoilers dos livros, Martin diz: “Talvez. Sim e não”. E continua: “Dado onde estamos, inevitavelmente, haverá algumas reviravoltas e revelações na sexta temporada de Game of Thrones que ainda não aconteceram nos livros”, ele diz, confirmando o medo de muitos.

Defendendo que é possível curtir os livros e a série independentemente, mesmo tendo spoilers de um para o outro, George encerra dizendo: “Alguns ‘spoilers’ que vocês encontrarem na sexta temporada podem não ser spoilers no fim das contas... Porque a série e os livros divergiram e continuarão divergindo.”

Via Minha Série.