8 truques para economizar bateria no Android [vídeo]

Diminuir brilho da tela, desinstalar o que você não usa, e mais seis dicas bem simples para prolongar a carga do seu aparelho.
  • Visualizações119.842 visualizações
Por Douglas Ciriaco em 5 de Março de 2012

Sem dúvida, um dos grandes problemas dos tablets e smartphones é a questão da bateria. Os pesquisadores envolvidos no desenvolvimento de novos aparelhos ainda não implementaram nenhuma novidade realmente significativa para que a carga que você faz no dispositivo dure um longo tempo.

Entretanto, se você não pode aproveitar ao máximo o seu aparelho o tempo todo, pode reduzir algumas das funções que não utiliza para que a bateria se torne mais durável. O Tecmundo reuniu aqui oito truques bem simples, mas que fazem grande diferença no final do dia. Então, pegue seu Android e preste atenção.

1. Diminua brilho da tela

Se você costuma utilizar seu dispositivo em locais fechados, deixar a tela com o mínimo de brilho possível não vai fazer muita diferença na hora de usar o Android. Além disso, quando você for usar de fato o aparelho e reparar que o pouco brilho atrapalha sua visão, é só aumentá-lo. Mas manter o smartphone ou tablet com nível baixo de brilho vai reduzir consideravelmente o consumo de energia.

Para acessar essa opção, vá até as configurações do Android e, lá, acesse o menu de definições de tela.

2. Sem tela ligada por muito tempo

Outra função ligada ao display que ajuda a poupar bateria é o tempo de desligamento de tela. Reduzir para o mínimo possível esse tempo ou, no máximo, apenas 1 minuto é uma opção saudável para prolongar o uso da carga da bateria. Essa opção também pode ser acessada nas configurações de tela do sistema.

3. Sem papéis de parede dinâmicos

Os famosos “Live Wallpapers” do Android podem ser muito bonitos, mas são grandes inimigos da bateria do aparelho no qual estão instalados. Isso significa que, apesar de belos, são desnecessários; ao não escolhê-los, você opta por um maior tempo de duração da sua bateria.

4. Wi-Fi, 3G, Bluetooth e GPS desligados

Mais uma dica importante é em relação às redes. Seu aparelho suporta Bluetooth, Wi-Fi e, muito provavelmente, GPS e redes 3G, mas também é provável que você não use todos eles o tempo todo. Se isso não ocorre, não há porque deixar tudo ligado. Desative as redes não utilizadas e torne a ligá-las apenas quando necessário.

5. Sem notificações nem sincronização automática

Facebook, Orkut, Google Reader, Twitter e Gmail. Esses são apenas alguns dos itens que contam com função de notificação, ou seja, eles sempre baixam dados da web para o seu aparelho para avisar sobre novidades ou sincronizar informações, exigindo recursos de hardware e, consequentemente, gastando mais energia. Desativar notificação ou sincronização nos menus de configurações de cada aplicativo é a melhor saída. Assim, você faz isso apenas quando desejar.

6. Envio automático de dados? Jamais!

Alguns aplicativos de serviços de armazenamento, como Dropbox, Box ou Ubuntu One, podem permitir o upload automático de arquivos, como fotos. Essa função, de modo semelhante às de notificação e sincronização, também consome bastante energia e não é imprescindível. Você pode desativá-la sem o menor problema.

7. Encerre ou desinstale aplicativos não usados

Se você não está mais usando um aplicativo, não deixe que ele permaneça ligado. Nas configurações de aplicativos do Android, é possível encerrar qualquer um que esteja na ativa, ajudando a poupar bateria. Além disso, programas que você não usa podem ser removidos do sistema. Aplicações como o Easy Uninstaller ou o Apps Uninstall são ótimas auxiliares para desinstalar itens inutilizados.

8. Use um gerenciador de bateria

O Android, assim como qualquer outro sistema operacional, conta com uma série de programas para gerenciamento do sistema. Desde opções focadas em poupar a bateria, como o One-Touch Battery Saver e o BatteryXL, até outras com atuação mais ampla, como o ZDBox (que é um gerenciador completo do sistema), você tem várias alternativas úteis para criar perfis que consomem menos bateria.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!