O que são Memórias Registradas (ECC)?

Memórias inteligentes que fazem toda a diferença em servidores!
  • Visualizações24.900 visualizações
Por Elaine Martins em 3 de Agosto de 2009

Apesar de não acontecer com muita frequência, todos os tipos de memória presentes no computador (RAM, HD, mídias de CD/DVD, etc.) são suscetíveis a erros dos mais diversos tipos, que podem ser causados por diversos motivos, como interferência eletromagnética, raios, variação de tensão, etc. Quando o dano é físico, chamado de “hard-error”, não há muito o que fazer, a não ser trocar o componente.

Existem, no entanto, problemas que podem afetar momentaneamente alguns bits presentes na memória e causar diversos danos, como travamentos de aplicativos que estavam sendo executados, arquivos salvos corrompidos, travamento da máquina, etc. Isto, em computadores de pequeno porte, os chamados domésticos, não representa um problema crítico. Claro, não é legal ficar reiniciando a máquina ou perder alguns arquivos, mas ainda assim o estrago é menor.

O problema é quando estes erros ocorrem em servidores, Workstations ou em sistema que realizam operações de alta prioridade, como em bancos. Para que este tipo de problema não ocorra, alguns métodos foram criados a fim de aumentar a confiabilidade das memórias. São as chamadas memórias registradas, ou memórias ECC (Error Correction Check).

O que são Memórias Registradas (ECC)?

A principal diferença entre as memórias registradas e as “comuns” é que estas possuem um número maior de bits. Em um módulo de 32 bits, por exemplo, são precisos 7 bits adicionais para cada 32 bits de memória. Os módulos DIMM, de 64 bits, por sua vez, só precisam de 8 bits adicionais a cada 64 bits.

No caso dos módulos DIMM, é fácil identificar aqueles que são ECC, pois possuem 5, 9 ou 18 chips, ao invés dos habituais 4, 8 e 16. O número de bits adicionais diminui conforme o aumenta o tamanho do barramento da memória. Para utilizar memória RAM ECC, é preciso ter uma placa mãe compatível.

Memória Registrada da Corsair.

Apesar de termos dado como exemplo apenas memórias RAM, é mais fácil encontrar o ECC em discos rígidos, mídias de CDs e DVDs, onde é mais comum a ocorrência de erros.

Você deve estar se perguntando: “E para que servem estes bits adicionais?”. Aí vai a explicação.

O que são Memórias Registradas (ECC)?

Memórias com códigos de correção.Estes bits adicionais colocados nas memórias possuem códigos que permitem identificar se os dados que estão sendo lidos pela cabeça de leitura, no caso de discos e mídias, são os mesmo que foram gravados. Dessa maneira, quando um setor do disco ou de uma mídia é lido pela cabeça de leitura, são lidos também os respectivos ECCs, que permitem determinar a integridade dos dados ali gravados.

Caso algum erro seja encontrado, os demais ECCs são lidos na tentativa de corrigir o problema. Normalmente, a correção é bem sucedida já na primeira tentativa, mas caso isto não aconteça, uma nova leitura do setor é feita, na esperança de que o problema seja apenas momentâneo.

Se mesmo assim o erro persistir, a velocidade de rotação do disco será diminuída e diversas leituras consecutivas serão feitas na tentativa de recuperar os dados armazenados naquele setor. Normalmente este processo gera os chamados badblocks.

O que são Memórias Registradas (ECC)?

A principal vantagem na utilização de memórias registradas é justamente o fato de elas possuírem este mecanismo de “busca e correção de erro”, tornando memórias como HDs e mídias de CD/DVD mais confiáveis. Além disso, a marcação dos badblocks, mesmo não sendo muito agradável, faz com que não ocorra a gravação de outros dados naquele setor, eliminando o risco de que outros arquivos e documentos sejam corrompidos.

A correção destes “soft-errors” não prejudica o desempenho da máquina nem seus componentes. O máximo que pode acontecer é um atrasado de alguns milisegundos na leitura do disco. Se visto pelo lado do usuário, isto não faz tanta diferença assim.

O que são Memórias Registradas (ECC)?

Mídias, memórias e discos.Como supracitado, as memórias ECC são um item obrigatório em discos rígidos e mídias de CD e DVD. Existem também memórias RAM ECC, comumente encontradas em servidores e Workstations, já que a ocorrência de erros nestes casos pode representar grandes perdas.

O valor das memórias RAM ECC depende do tipo e também do tamanho. Uma memória DDR, de 512 MB, por exemplo, pode ser encontrada por preços que variam de R$ 529,00 a R$ 609,00.

As DDR2 de 4 GB, por sua vez, possuem preços a partir de R$ 400,00. Uma memória DIMM EEC de 4 GB pode ser encontrada com preços que variam de R$ 480,00 a R$ 520,00.

O que são Memórias Registradas (ECC)?

As memórias RAM utilizadas nos PCs comuns possuem uma confiabilidade bem alta. Por isso não é necessário comprar memórias ECC para utilizá-las em seu computador em casa. Além disso, o preço deste tipo de memória é superior ao das memórias comuns, e o fato de ser necessária uma placa mãe compatível com ECC torna a aquisição ainda mais custosa, financeiramente falando.

Dessa maneira, se você não pretende construir um servidor ou uma Workstation que vá trabalhar com processamentos e dados críticos, não é preciso adquirir as memórias do ECC. A menos, é claro, que este seja seu sonho e que você esteja disposto a gastar uma quantia considerável para realizá-lo.

 

Será que vale o gasto?

O que são Memórias Registradas (ECC)?

Para ficar por dentro do assunto “memórias”, não deixe de conferir os demais artigos do Baixaki que tratam deste assunto:

 

 



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!